Pular para o conteúdo principal

O LEGADO DA REFORMA PROTESTANTE - 31 DE OUTUBRO DE 2009, 492 ANOS DE REFORMA.


No início dos anos 1500, muitas pessoas na Europa Ocidental estavam ficando cada vez mais insatisfeitas com a Igreja Romana. As pessoas viam o Papa envolvido com mundanismo secular, em vez de se preocupar com o bem estar do seu rebanho espiritual.


Os padres, bispos, cardeais e o Papa, tinham uma vida envolvida com pecados, riqueza, prostituição e roubo. Pessoas ricas compravam títulos religiosos para os seus filhos ilegítimos, prática conhecida como “Simonia”, que era a venda de favores divinos, bençãos, cargos eclesiásticos, prosperidade material, bens espirituais, coisas sagradas, etc. em troca de dinheiro. A etimologia da palavra provém de Simão Mago, personagem referido em Atos dos Apóstolos (8, 18-19), que procurou comprar do apóstolo Pedro o poder de transmitir pela imposição das mãos o Espírito Santo ou de efetuar milagres.

Em consonância com as muitas mudanças sociais do Renascimento, as pessoas começaram de forma ousada a desafiar a autoridade do Papa.

MUITOS PEDEM REFORMAS NA IGREJA

Havia alguns que desde o início do séc. XV, já pediam a reforma da igreja, e isso durou até próximo ao final desse mesmo século. Homens como Jan Hus (1372-1415) um estudioso da Boémia, que foi queimado na fogueira por suas críticas à Igreja. O inglês John Wycliffe (1328-1384), professor em Oxford, se posicionou contra a missa e a transubistanciação, chamando-a de uma fonte de superstição. Wycliffe afirmou que a Bíblia é autoridade final em termos de fé e de prática, atingindo diretamente o Papa, que julgava-se detentor dessa autoridade final.

Ambos Hus e Wycliffe atraíram pessoas com o seu discurso, mas o verdadeiro movimento de enfrentamento à autoridade papal, só viria um século depois.

Martinho Lutero e suas 95 Teses.

O monge alemão chamado Martin Luther, foi particularmente incomodado com a venda de indulgências. As indulgências, era o perdão religioso, disponibilizado ao pecador, livrando-o das suas culpas. Podia ser comprado por qualquer pessoa das mãos do representante do Papa.

Para expressar a sua contrariedade com a corrupção da Igreja, Martinho Lutero escreveu suas famosas 95 Teses, onde apelou para uma reforma integral na Igreja Cristã. Nas 95 teses, ele destacou os seguintes pontos:

- As pessoas só poderia obter a salvação pela fé no perdão de Deus. A Igreja ensinava e ensina que a fé, juntamente com as boas obras são necessárias para a salvação.

- O Papa é uma autoridade falsa. A Bíblia é a única autoridade e a única verdade em termos de fé.

Todas as 95 teses de Lutero podem ser resumida no seguinte esquema:

PARA O HOMEM ALCANÇAR A SALVAÇÃO É:

1 – Sola Fide (Somente pela fé)

2 – Solo Christus (Somente por Jesus Cristo)

3 – Sola Scriptura (Somente através das Escrituras Sagradas)

4 – Sola Gratia (Somente pela Graça)

5 – Soli Dei Glória (Somente a Deus toda a Glória)


CALVINO E A REFORMA


O homem mais brilhante da Reforma foi João Calvino (1509-1564). Já com 23 anos ele escreveu a sua obra Magna, AS INSTITUTAS (Instituição da Religião Cristã), jamais superada em 500 anos de história da Reforma.

Calvino foi reformador na cidade de Genebra na Suiça, ele era françês, nascido em Noyon no dia 10 de julho de 1509. Sua influência no mundo é muito grande, muitos até atribuem a criação do capitalismo, ao pensamento de Calvino. Ele influenciou o mundo moderno, política, religiosa e econômicamente.

O esquema do pensamento religioso de Calvino foi estabelecido pelos seus discípulos, e no que se refere à salvação da alma humana, pode ser assim esquematizado:

1 – Depravação Total (O Homem está morto em seus delitos e pecados. Um morto não exerce vontade. Deus precisa primeiro reviver o homem para que ele receba a Cristo como seu Salvador, por meio da pregação da Palavra de Deus).

2 - Eleição Incondicional (O ser humano não pode fazer nada para ser salvo. Como está morto em delitos e pecados, somente receberá a Cristo quando Deus o eleger para a salvação, independente do que tenha feito ou não).

3 – Expiação Limitada (A morte de Cristo foi somente pelos eleitos de Deus, antes da fundação do mundo. Soberanamente Deus escolhe dentre a humanidade perdida e que caminha para o inferno, aqueles que serão salvos pela morte de Cristo).

4 – Graça Irresistível (Se Deus quer salvar o pecador, este não tem poder para rejeitar a Cristo. É obra de Deus, o homem não tem escolha. O chamado Livre-Arbítrio para escolher ser salvo ou rejeitar a salvação, não existe nesse caso).

5 – Perseverança dos Santos (O pecador uma vez salvo permanecerá salvo até o fim. Deus lhe garantirá a posição de salvo, fazendo-o perseverar na salvação até o dia final, sem possibilidade de perdição para os eleitos).

Que todos os leitores tenham um ótimo Dia da Reforma. Que Deus lhe abençoe nesse 31 de Outubro de 2009, dia em que comemoramos 492 de Reforma.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DICIONÁRIO "MARANHENSE" !!!

Por



Rev. João d'EçaJoão do Vale, nosso poeta popular, em uma de suas canções diz: "minha terra tem belezas que em versos não sei dizer; mesmo porque não tem graça, só se vendo pode crer..."As coisas do Maranhão são espetaculares, sua natureza é exuberante, suas cidades são magnificas e sua Capital é encantadora. Eu amo minha cidade de paixão.Há muita coisa que não gosto em São Luís, não tem nada a ver com a natureza ou com a sua história, mas tem a ver com algumas pessoas que tiram a paz de outras pessoas, sem respeitar os seus direitos, mas isso é outra história...Quero lhes apresentar algumas palavras do vocabulário popular maranhense (está bastante incompleto, mas já é alguma coisa, desafio os leitores a me escreverem e me ensinarem novas palavras desse nosso rico "dicionário popular maranhense").Recebi de um amigo, numa lista de E-mails, essa lista que lhes apresento abaixo, achei muito divertido e interessante, fiz algumas adaptações e publico aqui e agora…

"LANÇA O TEU SOBRE AS ÁGUAS" - Eclesiastes 11: 1

PorRev. João d'EçaO texto diz: "Lança o teu pãp sobre as águas, porque depois de muitos dias o acharás"O que será que as Escrituras Sagradas estão nos ensinando aqui?A palavra "pão" sempre foi figura daquilo que ganhamos no dia-a-dia. As pessoas nos indagam: - "Você está indo pra onde?"- Vou ganhar o pão de cada dia (trabalho).Os estudiosos do AT, nos dizem que aqui há duas figuras:1ª Figura: AS CHEIAS DO RIO NILO - Eles jogavam as sementes quando a enchente estava baixando, no final da baixa, as sementes do trigo e da cevada, floresciam.2ª Figura: O COMERCIANTE - O comerciante pegava o seu barco, carregava com os bens que havia produzido e sai para comercializar em outras terras. "Lança o teu pão sobre as águas, porque depois de muitos dias o acharás".No versículos 2, o escritor sagrado nos dá uma lição preciosa, ele nos diz que devemos diversificar a nossa aplicação, porque não sabemos o que ácontecerá amanhã.Como servos dos Deus vivo, o S…

QUALIDADES DE UM BOM DESPENSEIRO.

Por Rev. João d'Eça Sermão pregado na Igreja Presbiteriana Monte Moriah, São Luís, MA, dia 14/01/2007 As qualidades de um bom despenseiro. "Servi uns aos outros, cada um conforme o dom que recebeu, como bons despenseiros da multiforme graça de Deus". (I Pedro 4: 10). Introdução: O termo despenseiro tem o significado de alguém que cuida da despensa, ou seja, é o local da casa onde se guarda os alimentos e os outros mantimentos, nesse caso, despenseiro é o que toma de conta de toda a despensa, é uma espécie de Mordomo. No caso do texto básico da mensagem, despenseiro é aquele que administra os dons da multiforme graça de Deus, de maneira que pessa abençoar a si mesmo e ao seu próximo. * Muitas pessoas pensam que todas as coisas são sua propriedade. * A Bíblia nos ensina diferente, pois diz: "Do Senhor é a Terra e a sua plenitude, o mundo e os que nele habitam." ( Salmos 24:1). O profeta Ageu diz também: "O ouro e a prata são seus." * O…