Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2007

A REFORMA PROTESTANTE.

Por Rev. João d'Eça Amanhã, dia 31 de Outubro de 2007, as igrejas cristãs reformadas em todo o mundo comemoram o dia da Reforma Protestante, são 490 anos de história, desde que cristãos verdadeiros, insatisfeitos com os desvios da igreja, tentaram viver uma vida mais perto de Deus e mais próximo da moral do evangelho.

A Igreja Católica havia se desviado do caminho da verdade, adotando um sistema político quer visava conseguir poder temporal e riquezas, usando a religião para isso. Hoje em dia, as igrejas cristãs voltaram a agir da mesmas maneira que a igreja da Idade Média, o que nos leva a entender e defender uma nova Reforma, após quase 500 anos. São as mesmas práticas, os mesmos princípios, os mesmos erros, estão sendo cometidos hoje em dia por igrejas que se declaram cristãs, mas que tem práticas pagãs.

Lutero foi o homem usado por Deus para trazer a igreja para o caminho da verdade, apesar de seus erros e de sua humanidade, aprouve ao Senhor levantá-lo para essa tão imensa tarefa…

AS PATOLOGIAS DA RAZÃO.

PorRev. João d'EçaPor muito tempo ouvimos falar de que a religião é fanatismo, “ópio do povo”, coisa de retrógrado, de gente desprovida de razão e de conhecimento, de conservador (pejorativamente é claro!), de alienados, de ultrapassados, etc, etc, etc...

Chegaram até a afirmar que a religião é uma patologia e que aqueles que creêm em Deus, são acometidos dessa doença, que é coisa de ignorante ou de gente com problemas emocionais e mentais (os lunáticos).

Sabemos que muitos loucos assumem uma postura religiosa e cometem atrocidades em nome de Deus, assim também, muitos pseudo-cientistas, fazem o mesmo em nome da ciência, da tecnologia, do humanismo, do socialismo e da política.

Nesse artigo queremos destacar as “Patologias da Razão” e mostrar que é verdadeira a tese de que em nome da “Razão” e do desenvolvimento científico, estão fazendo o mesmo que os pseudo-religiosos fizeram, estão repetindo em outra escala e em outro ambiente, aquilo que sempre criticaram e condenaram.Antônio Mar…

PAUSA, PAUSA, PAUSA...

PorRev. João d'EçaNosso tempo caracteriza-se pelo corre-corre desenfreado, onde a maior rapidez determina o maior sucesso na vida, mesmo que para isso as pessoas tenham que pagar um preço muito caro.Por causa da rapidez, do vai-e-vem em busca de sucesso e dinheiro, as pessoas estão perdendo qualidade de vida, mesmo que pensem que esse corre-corre existe para se obter essa qualidade buscada.A Bíblia Sagrada nos dá o relato da criação e diz que o Senhor Deus criou o mundo "Ex-nihiilo", em seis dias e que ao sétimo dia descansou de toda obra que fizera. O que nos intriga é porque o Senhor Deus, Todo-Poderoso, descansou? Porque o criador de todas as coisas teve de descansar após o trabalho que fizera? Estaria Ele cansado? Deus se cansa?Cremos que o descanso de Deus deu-se para que o Criador pudesse contemplar a Sua criação. Por esta razão cremos ser imprescindível que haja essa parada da labuta, do labor, para o descanso. O ser humano, para ter qualidade de vida precisa de d…

JESUS CRISTO VENCEU O MUNDO.

Por Rev. João d'Eça
"Esta coisas vos tenho dito para que tenhais paz em mim. No mundo passais por aflições; mas tende bom ânimo; EU VENCI O MUNDO" (Grifo nosso) - (João 16:33).
Quando em conversas com pretensos "intelectuais", na verdade, pessoas desprovidas de conhecimentos específicos sobre o tema "Jesus Cristo", que repetem aquilo que leêm de gente inescrupulosa, que vivem para denegrir (sem qualquer fundamento histórico e científico), a imagem de Deus e a pessoa de Jesus, percebo que os argumentos usados pelos meus interlocutores, com respeito a Vitória de Jesus na Cruz, são "agua de Lima", não tem profundidade, pois insistem em que o Nazareno foi um perdedor, um fracassado, um derrotado.
O argumento baseia-se no relato da vida do Senhor nos evangelhos, em que Ele, acompanhado por uma grande multidão naquele cortejo de morte, onde Jesus, carregando uma pesada cruz, castigado por açoites, com uma corôa de espinhos furando o seu crânio, foi co…

NO BRASIL NÃO EXISTE HOMOFOBIA!!!!

PorRev. João d'EçaO GOVERNO DO PT infiltrado de gente que não tolera a tolerância e querem impor o seu pensamento pela força, tenta implantar no Brasil uma ditadura homossexual sem a mínima necessidade, como se o nosso Brasil fosse um país que odeia os Gays.

A campanha “UM BRASIL SEM HOMOFOBIA” é um despropósito e um desrespeito a uma mente um pouco mais esclarecida, pois aqui no Brasil não existe esse negócio de Homofobia tão propalado pelos defensores da agenda Gay, que na verdade querem destruir as liberdades e serem in-criticáveis, quando nenhum outro grupo humano o é.

Os brasileiros não odeiam gays, se odiassem não haveria Gays nas salas de aula de nossas escolas públicas e particulares, não haveriam gays na linha de frente dos programas de TV e na direção de emissoras, não haveriam gays em repartições públicas e privadas, não haveriam gays trabalhando em hospitais, não haveriam gays como cabeleleiros, estilistas, decoradores, arquitetos, engenheiros, não haveriam gays em facul…

A "EMPRESA" UNIVERSAL DE MACÊDO E O ABORTO.

PorRev. João d'EçaDepois de ensinar os seus pastores a roubar o dinheiro dos incautos frequentadores da IURD (veja vídeo de Macêdo ensinando como roubar em: http://www.youtube.com/watch?v=o0iQji3nhqk), Edir Macêdo lança agora o seu livro auto-biográfico (Fenômeno de venda, já atingiu quase 800 mil cópias), falando sobre a sua prisão e novamente detonando a Rede Globo.O que mais revolta na cosmovisão de Edir Macêdo e por conseguinte da IURD e da Rede Record é a defesa do Aborto que já há algum tempo tem sido veiculado através de comerciais na emissora do fascínora travestido de pastor. E ainda há os que defendem esse criminoso contumaz.Em entrevista dada à Folha de São Paulo (os pontos principais transcrito abaixo), ele dá a sua cosmovisão maligna a respeito de temas como aborto, política e homossexualismo. Vejamos.Eu comentarei dentro do texto da resposta do Edir:FOLHA: Em sua biografia, o Sr. defende o aborto. Atualmente, a Record e a Record News exibem campanha pelo aborto, por …

PRA QUE MANTER FERIADOS RELIGIOSOS?

Por Rev. João d'EçaPorque manter feriados religiosos em um país que está a cada dia tornando-se mais secularizado? As pessoas não respeitam mais as datas religiosas e aproveitam os feriados pra farrear, beber, viajar, prostituir-se, irem pra festas, etc...Lembro da minha infância e da minha avó católica que não permitia nenhum barulho dentro de casa e não aceitava que se fizesse coisas normais, cotidianas nesse dia, que para ela era especialíssimo, devido à sua devoção (ignorante é bem verdade!), que não permitia que os netos sequer brincassem em respeito à "santa" da sua consideração.Ainda vemos as pessoas mais idosas manterem a fé, respeitarem o dia e viverem devocionalmente, assim como aprenderam dos mais antigos, porém, os mais jovens estão a cada dia que passa desprezando o sentimento religioso e o respeito pelas datas oficiais da igreja católica romana diminui à medida que o tempo avança.A ICR errou quando no passado manteve os fiéis ignorantes do "porque das …

SOU CONTRA OS PROJETOS ANTI-FAMÍLIA!!!!!

Por Rev. João d'Eça Sempre me posicionei contrário ao Homossexualismo. Não tenho nada contra quem é homossexual, afinal cada um viva como achar melhor, faça como quiser e assuma as responsabilidades. Se alguém decide ser homossexual ou lésbica, que seja, porém eu tenho o direito de me posicionar contrário à prática do homossexualismo ou do lesbianismo, por entender que é uma prática contrária à natureza, à ética cristã, à minha fé e à minha religião. Os intolerantes defensores da "Ditadura Gay", principalmente do PT e dos movimentos sociais alienados, financiados pelo governo, dizem que eu não tenho o direito de me posicionar contra a prática homossexual e também contra o aborto. Porque que eu não teria direito de ser contra pelos motivos alegados acima? Simplesmente porque os que estão posicionando-se contrário a aprovação do PL 122/2006 em tramitação no Senado, são pessoas esclarecidas, conhecedoras do complô político e espiritual perpetrado por grupos que querem destrui…

O Senado, a Traição e a Corrupção.

Por

Rev. João d'Eça



Não é porque o plenário do Senado Federal resolveu absolver o senador, que signifique que ele é inocente. Ele pode ser qualquer coisa, menos inocente. Ele foi inocentado pelo corporativismo irresponsável e vendido, dos seus pares aliados, e, só Deus sabe o que rolou por baixo dos panos, mais uma coisa é certa, inocente ele não é.
Ele não é inocente porque ele mesmo confessou a sua traição e indignidade. Ele mesmo declarou ter traido a sua mulher num relacionamento extra-conjugal com outra. Sim, ele não é inocente. Ele é culpado de ter quebrado os sagrados votos do matrimônio, culpado de ter traido a confiança de sua família, de sua esposa e de seus filhos, culpado de ter faltado com a palavra quando prometeu amar a sua esposa, honrá-la, respeitá-la. Culpado quando faltou com a palavra diante da lei (Juíz de paz e Cartório de Registro de casamento), quando faltou com a palavra diante do povo (testemunhas do casamento), quando faltou com a palavra diante de Deus (re…

CONTEMPLAÇÃO!!

PorRev. João d'Eça (Salmo 131) "Senhor, não é soberbo o meu coração, nem altivo o meu olhar; não ando à procura de grandes cousas, nem de cousas maravilhosas demais para mim. Pelo contrário, fiz calar e sossegar a minha alma; como a criança desmamada se aquieta nos braços de sua mãe, como essa criança é a minha alma para comigo. Espera, ó Israel, no Senhor, desde agora e para sempre". Nós vivemos no meio de uma geração pragmática, onde o valor é determinado pelo resultado. Se dá certo é porque é bom e correto. O bom e o correto são medidos pelas estatísticas e demonstrado quantitativamente. O Homem hodierno não se preocupa com o "porque", mas com o "como". A produtividade é o que importa, ou seja, "os fins justificam os meios" e as prioridades são revertidas. Estamos assistindo ao crescimento do pensamento que transforma a experiência cristã, numa espécie de empreendimento. O mundo protestante está sendo erradamente definido, como sem proposta de…