Pular para o conteúdo principal

JESUS CRISTO VENCEU O MUNDO.


Por
Rev. João d'Eça

"Esta coisas vos tenho dito para que tenhais paz em mim. No mundo passais por aflições; mas tende bom ânimo; EU VENCI O MUNDO" (Grifo nosso) - (João 16:33).


Quando em conversas com pretensos "intelectuais", na verdade, pessoas desprovidas de conhecimentos específicos sobre o tema "Jesus Cristo", que repetem aquilo que leêm de gente inescrupulosa, que vivem para denegrir (sem qualquer fundamento histórico e científico), a imagem de Deus e a pessoa de Jesus, percebo que os argumentos usados pelos meus interlocutores, com respeito a Vitória de Jesus na Cruz, são "agua de Lima", não tem profundidade, pois insistem em que o Nazareno foi um perdedor, um fracassado, um derrotado.
O argumento baseia-se no relato da vida do Senhor nos evangelhos, em que Ele, acompanhado por uma grande multidão naquele cortejo de morte, onde Jesus, carregando uma pesada cruz, castigado por açoites, com uma corôa de espinhos furando o seu crânio, foi condenado à morte violenta, pregado naquela cruz que ele mesmo carregava.
O sofrimento atroz do Cristo, com escárnios, cusparadas, deboches, desnudo, humilhado, abandonado, traido. Mesmo assim, Jesus venceu!!
Alguém pergunta:

-" Venceu o que?"
-Como é que alguém numa situação dessas pode dizer que venceu? O pobre coitado nem sequer pode reagir? Está todo ferido, rodeado de gente desejando vê-lo pregado na cruz que Ele mesmo carrega, venceu o quê?
Jesus Cristo declarou a sua vitória sobre o mundo, para os seus discípulos, na clara intenção de estimulá-los e de encorajá-los para a caminhada da fé. Como é que uma pessoa no seu juízo perfeito pode afirmar uma vitória numa situação dessas? Como eu e você poderemos ser estimulados a ter coragem na caminhada, perante uma situação dessas? Venceu o quê?
Jesus Cristo afirmou a mais absoluta verdade, que somente ouvidos isentos e sensíveis à verdade podem ouvir. O mundo tentou seduzí-lo com o poder (João 18: 36), quis fazê-lo rei e coroá-lo de glória (Mat. 6:33), dar-lhe um trono, mas não conseguiram, Ele venceu o mundo.
O reino de Cristo não é deste mundo. Tentaram-no insistentemente, é difícil resistir à tentação, as vezes parece que esse é o caminho mais simples, mais fácil. O poder dar a sensação de segurança, de independência, de controle. Com o poder nas mãos, parece ser mais fácil resolver os problemas. Na maioria das vezes desejamos o poder com a melhor das intenções, mas o problema está em mantê-lo, ai é que se revelam as intenções verdadeiras do coração.
No entanto Jesus Cristo permaneceu ao lado do Pai, fazendo a vontade dEle. Ao invés do poder, Jesus preferiu a submissão, preferiu o amor ao domínio, ao invés da "varinha mágica", preferiu a fraqueza humana. O mundo tentou seduzir a Jesus com poder e glória, porém Ele VENCEU O MUNDO.
Tentaram semear o ódio em seu coração, falaram mal dEle, trairam-no, abandonaram-no, mas, mais uma vez Ele venceu o mundo. Jesus recebeu a todos que o procuraram, inclusive os velhacos, dissimulados e os que planejavam perversamente contra ele. A todos Jesus recebia com verdadeiro amor, fosse quem fosse, Jesus os amou indiscriminadamente. Amou sem falsidade. Não ignorou, não fingiu, não foi indiferente. Não foi astucioso, enganador ou violento, mesmo assim, não era ingênuo, ele conhecia a maldade humana, a traição, a falsidade, o erro, o engano, mas optou por outro caminho, o caminho do amor, da reconciliação, da paz. O mundo tentou tirar Jesus desse caminho, mas, mais uma vez Ele VENCEU O MUNDO.
O mundo quis fazer de Jesus um grande líder, alguém maior que o próprio Deus, mas Ele não aceitou, Ele VENCEU O MUNDO.
Jesus não queria ser o centro, não queria que os holofotes estivessem voltado pra Ele, não queria fazer a sua própria vontade, Ele assumiu a forma de servo (Mat. 20:27; Mat. 23: 11; Marcos 9: 35; Marcos 10: 44; I Cor. 7: 22; Filipenses 2:7; ). Ser um líder aclamado e respeitado é desejo de todo homem, as pessoas que viram os milagres de Jesus, quiseram fazer dEle um líder, mas Jesus preferiu continuar sendo um servo. Ele VENCEU O MUNDO.
Assim como hoje, a maioria das pessoas que o acompanhavam, estavam mais interessadas nos seus milagres que nos seus ensinos, nos seus princípios e na sua verdade (João 14:6). Hoje, igualmente, a maioria das pessoas "querem as bençaõs de Deus, mas não querem nada com os Deus das bençãos."
Para o leitor desatento da Bíblia, é difícil enxergar naquele condenado, um Vencedor. Os críticos só conseguem enxergar um derrotado, sofrido, um perdedor. O mundo não conseguiu vencê-Lo, mesmo que por um instante tenha pensado que conseguiu. Ele VENCEU O MUNDO!
A arrogância do mundo foi derrotada por Ele (Jesus), através do amor, da compreensão, da tolerância, da paz e do perdão. Jesus diz pra nós hoje e sempre: "TENHAM BOM ÂNIMO, EU VENCI O MUNDO!"

Comentários

Anônimo disse…
Otimo comentario.
Eu também acredito nisso e entendo que o que ele quis mostrar com esta passagem é que necessitamos de uma reforma intima e que abandonemos os nossos vicios morais e sociais, que não nos entreguemos as tentações do mundo para que possamos nos elevar e chegar a Deus.
Nos ainda nem aprendemos a amar nosso proximo como Cristo nos ensinou e vivemos dizendo que amamos a Deus, portanto, temos que nos amar primeiro, amar nosso semelhante de forma completa, amar a Cristo e chegar ao Pai, e somente uma reforma intima baseada no evangelho e que venceremos o mundo também e chegaremos ao Pai.
Anônimo disse…
Linda mensagem da palavra do Senhor.

Postagens mais visitadas deste blog

QUALIDADES DE UM BOM DESPENSEIRO.

Por Rev. João d'Eça Sermão pregado na Igreja Presbiteriana Monte Moriah, São Luís, MA, dia 14/01/2007 As qualidades de um bom despenseiro. "Servi uns aos outros, cada um conforme o dom que recebeu, como bons despenseiros da multiforme graça de Deus". (I Pedro 4: 10). Introdução: O termo despenseiro tem o significado de alguém que cuida da despensa, ou seja, é o local da casa onde se guarda os alimentos e os outros mantimentos, nesse caso, despenseiro é o que toma de conta de toda a despensa, é uma espécie de Mordomo. No caso do texto básico da mensagem, despenseiro é aquele que administra os dons da multiforme graça de Deus, de maneira que pessa abençoar a si mesmo e ao seu próximo. * Muitas pessoas pensam que todas as coisas são sua propriedade. * A Bíblia nos ensina diferente, pois diz: "Do Senhor é a Terra e a sua plenitude, o mundo e os que nele habitam." ( Salmos 24:1). O profeta Ageu diz também: "O ouro e a prata são seus." * O…

DICIONÁRIO "MARANHENSE" !!!

Por



Rev. João d'EçaJoão do Vale, nosso poeta popular, em uma de suas canções diz: "minha terra tem belezas que em versos não sei dizer; mesmo porque não tem graça, só se vendo pode crer..."As coisas do Maranhão são espetaculares, sua natureza é exuberante, suas cidades são magnificas e sua Capital é encantadora. Eu amo minha cidade de paixão.Há muita coisa que não gosto em São Luís, não tem nada a ver com a natureza ou com a sua história, mas tem a ver com algumas pessoas que tiram a paz de outras pessoas, sem respeitar os seus direitos, mas isso é outra história...Quero lhes apresentar algumas palavras do vocabulário popular maranhense (está bastante incompleto, mas já é alguma coisa, desafio os leitores a me escreverem e me ensinarem novas palavras desse nosso rico "dicionário popular maranhense").Recebi de um amigo, numa lista de E-mails, essa lista que lhes apresento abaixo, achei muito divertido e interessante, fiz algumas adaptações e publico aqui e agora…

"LANÇA O TEU SOBRE AS ÁGUAS" - Eclesiastes 11: 1

PorRev. João d'EçaO texto diz: "Lança o teu pãp sobre as águas, porque depois de muitos dias o acharás"O que será que as Escrituras Sagradas estão nos ensinando aqui?A palavra "pão" sempre foi figura daquilo que ganhamos no dia-a-dia. As pessoas nos indagam: - "Você está indo pra onde?"- Vou ganhar o pão de cada dia (trabalho).Os estudiosos do AT, nos dizem que aqui há duas figuras:1ª Figura: AS CHEIAS DO RIO NILO - Eles jogavam as sementes quando a enchente estava baixando, no final da baixa, as sementes do trigo e da cevada, floresciam.2ª Figura: O COMERCIANTE - O comerciante pegava o seu barco, carregava com os bens que havia produzido e sai para comercializar em outras terras. "Lança o teu pão sobre as águas, porque depois de muitos dias o acharás".No versículos 2, o escritor sagrado nos dá uma lição preciosa, ele nos diz que devemos diversificar a nossa aplicação, porque não sabemos o que ácontecerá amanhã.Como servos dos Deus vivo, o S…