Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2011

UMA REUNIÃO DE ORAÇÃO QUE DUROU 100 ANOS

FATO: A Comunidade Morávia de Herrnhut na Saxônia, em 12 de maio de 1727, iniciou uma “vigília de oração” que continuou sem parar por mais de cem anos.

FATO: Em 1791, 65 anos após o início dessa vigília de oração, a pequena comunidade Morávia tinha enviado 300 missionários até os confins da terra.

Será que existe alguma relação entre esses dois fatos? É a intercessão fervorosa um componente básico na evangelização mundial? A resposta a ambas as perguntas é certamente um incondicional "sim".

A evangelização heróica do século XVIII dos Morávios não recebeu a atenção e o impulso que mereceu. Mas ainda menos do que anunciava suas façanhas missionárias, foi a reunião de oração de cem anos que sustentou o fogo do evangelismo.

Durante seus primeiros cinco anos de existência do assentamento Herrnhut mostrou poucos sinais de poder espiritual. No início de 1727 a comunidade de cerca de 300 pessoas foi destruída por discórdias e brigas.

Zinzendorf e outros, no entanto, concordaram…

REFLEXÕES BÍBLICAS E O 11 DE SETEMBRO.

Foi há exatos dez anos, em 11 de setembro de 2001, quando ocorreu o ataque terrorista mais inacreditável, que qualquer nação já testemunhou. Mais de 3.000 mortos no dia, sem falar as mortes que se sucederam depois desse episódio e por causa desse espisódio. 6000 soldados morreram no Iraque e no Afeganistão.
Quatro aviões comerciais americanos, dois deles contra as Torres Gêmeas e outro contra o Pentágono. Um caiu no campo, derrubado pelos passageiros corajosos, que se levantaram contra seus agressores e impediram outro ato planejado de destruição.
Aqueles que procuraram o Senhor para o conforto na hora da necessidade encontrou, como Ele promete nunca nos deixar ou nos abandonar. As pessoas não sabiam o que fazer ou em quem confiar. Como cristãos , nós sabemos que só podemos confiar em Deus.
Ao longo desses 10 anos, centenas de pessoas questionaram sobre o que significa tudo isso. Também fizeram perguntas sobre o que a Bíblia tem a dizer sobre o fato. Essa enorme tragédia vai para além d…

A ORIGEM PROTESTANTE-FRANCESA DE SÃO LUÍS (1612 – 1615)

Por


Rev. João d’Eça


Introdução:
Hoje, 08 de setembro de 2011, São Luís completa 399 anos de fundação. Muitos tem escrito relatos do início da cidade de São Luís, mas quase que nenhum dos historiadores comentam o fato de que inicialmente Daniel de La Touche, senhor de La Ravardiere veio para o Maranhão com autorização do Rei Henrique IV de França para aqui fundar a França Equinocial, sob os valores e princípios do protestantismo calvinista do Rei, que mesmo depois de ter dito “Paris vale uma missa”, para garantir a coroação já que o clero católico não aceitaria um protestante como rei, Henrique nunca deixou de ser protestante. Foi ele o rei do Edito de Nantes que deu liberdade religiosa a todos os huguenotes (protestantes franceses) e que deu cartas patentes a La Ravardiere com esse propósito.
Não fosse o Papa juntamente com a rainha Maria de Médicis ter assassinado o rei protestante Henrique IV, a França Equinocial teria vingado e hoje nós seríamos uma comunidade diferenciada no Brasil, …

A GRAÇA DE DEUS E A PREGAÇÃO DA PALAVRA.

Por Rev. João d’Eça
Quanto mais eu estudo e experimento o que a graça faz na minha vida e na minha pregação, mais eu percebo o tamanho da graça de Deus e a impossibilidade do ser humano de compreendê-la em toda a sua plenitude. Quando eu prego, eu sei que a minha pregação deve ser recheada da graça divina, para que os ouvintes, ao ouvir, entendam o que diz a Escritura Sagrada e não as palavras próprias do pregador.
O que a graça faz com o sermão? Ela mantêm o sermão focado em Deus e não no homem, no pregador, por exemplo. Foca no criador e não na criatura pecadora. Evita que o pregador caia na armadilha da moralidade ou do legalismo. Quando o pregador está olhando para um texto, seu foco deve ser sempre em Deus e no seu plano de graça eterna. O pregador, motivado pela graça, deve mostrar aos seus ouvintes, que tudo o que eles podem esperar alcançar vem de uma vida centrada e rendida a Cristo, porque a única esperança de alcançar a vida, é a través de Cristo e não de esforços pessoais.
Ve…