Pular para o conteúdo principal

PRESIDENTE LULA ASSOCIA-SE COM TERRORISTA IRANIANO.

Sou daqueles que rejeitam veementemente a aproximação do presidente do meu país (infelizmente o sr. Lula), do terrorista-presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad.
O Chanceler brasileiro Celso Amorim, visitou recentemente o terrorista que quer ver a aniquilição total de Israel, em seu país, ato de apoio a ele, já que o presidente Lula, assim como fez com São Luís, desde que foi eleito no primeiro mandato, jamais visitou o Estado democrático de Isral.
Lula visitou várias nações do Oriente Médio, mas não pisou os pés na Terra Santa (talvês pra não ofender o seu aliado terrorista). Se o chanceler alemão Adolf Hitler mereceu cada repúdio da comunidade internacional por causa do genocídio contra os judeus, o presidente-terrorista do Irã, merece cadeia, prisão perpétua, só pelas declarações de ódio à Israel que tem destilado na imprensa, através de suas declarações anti-semita. Mas para o governo Lula, ele merece uma "visitinha", um acochego, um apoiozinho.
O presidente terrorista tem o apoio de todos os "bandoleiros" comunistas-latino-americanos, desde as FARCs, passando por Fiel, Hugo Chaves, Morales, Rafael, Lula, até o Uruguai, exceto o presidente da Colômbia, que até agora tem o apoio dos EUA, agora não se sabe até quando!
Ainda bem que vozes contrárias ao nosso presidente tem se levantado por todo o país para exigir uma postura pró-Israel e anti-terrorista por parte do nosso Itamaraty. O deputado Marcelo Itagiba (PMDB - RJ), fez um pronunciamento no dia 05 de Novembro com destaque no seguinte teor:
Venho à tribuna desta Câmara dos Deputados para manifestar a minha indignação com a visita do Chanceler brasileiro Celso Amorim ao Irã. Pensei que a imagem estampada recentemente na imprensa do encontro do Presidente Lula com o Presidente do Irã, em setembro, durante a Assembléia Geral da ONU, tivesse sido meramente um triste e inevitável encontro protocolar. Afinal, eu jamais poderia imaginar que aquele encontro, na verdade, viesse a se constituir em uma visita oficial do nosso Chanceler a um país cujo presidente, além de pretender negar a ocorrência do Holocausto, que matou mais de seis milhões de seres-humanos judeus, vem também propugnando a extinção do Estado de Israel. Ou seja, não satisfeito em negar o Genocídio de milhões, Mahmoud Ahmadinejad, com suas declarações, deseja realizar um segundo holocausto. Tenho grande respeito pelo Itamaraty, pelos seus membros e por suas propostas de política externa independente, mas não posso admitir que alguns atuem a Chamberlain, primeiro ministro Inglês, que com a sua pouca visão permitiu o fortalecimento do Nazismo e a Segunda Guerra Mundial. Não podemos permitir que a política externa brasileira atue como alguns diplomatas que, durante o Estado Novo, por trás de seus bigodinhos e suas suásticas tatuadas no peito, apoiavam o nazi-facismo e elaboravam resoluções reservadas que impediram a entrada, em nosso país, de refugiados judeus que acabaram massacrados na Europa. Como política externa, prefiro a do Itamaraty que apoiou a criação do Estado de Israel.
Outra voz solitária foi a de Reinaldo Azevedo que declarou:
Há uma só democracia no Oriente Médio: Israel, onde lula nunca pôs os pés. Em compensação, já promoveu uma cúpula no Brasil de ditaduras árabes e de alguns bandoleiros latino-americanos. O Brasil, sem preconceitos, diversificou o repertório com a visita de Amorim aos “companheiros” persas do Irã. O terrorista Mohamud Ahmadinejad foi oficialmente convidado a visitar Banânia. Que importa que ele tenha na sua pauta a destruição de Israel? Isso é um problema lá deles, né? Judeu atrevido [que criticou a aproximação do Brasil com o Irã]! Quem sabe o tarado de Teerã venha ao país logo depois do assassino Raúl Castro, ditador de Cuba. A pocilga moral fica completa. O Itamaraty, um dia, ainda terá de ser lavado com creolina.
Conclamo ao povo brasileiro, em especial aos evangélicos denominados "Povo de Deus", que exijam do presidente Lula uma explicação do porque da sua aproximação com terroristas.

Comentários

Marco Aurélio D'Eça disse…
Porque você critica a aproximação de Lula do Irã e exige que ele se aproxime de israel? Não seria mais fácil exigir dele neutralidade em relação às duas nações? Se você prega uma postura de crítica em relação ao iranianos porque não exige também uma postrua crítica em relação ao terrorismo que Israel prpagada contra os palestinos? Te vejo constantemente criticar Hitlet pelo suposto extermínio de Judeus, mas não te vejo fazer nenhuma crítica a George Bush pelo massacre aos iraquianos. Quer dizer que matar Judeu não pdoe, mas matar muçulmano pode? O direito à vida só vale para quem crê no Cristo, é isso? O proselistimo só dever ser apoiado pelo estado quando partir dos cristãos? Porque o estado não pode apoiar o proselitismo muçulmano? Aliás, João, eu não te entendo. Deus não já te disse que Israel é indestrutível e que o povo dEle já está escolhido? Porque a preocupação, então? Nada vai acontecer com Israel. Vocês, crentes, são uma contradição: crêem na Bíblia como palavra de Deus, não admite erros dela e ficam tentando se opor contra ela. Se a Bíblia diz que o mundo jaz no maligno e estará cada vez pior, porque vocês tentam modificar a palavra de Deus? Não deveriam era comemorar, já que ela está se cumprindo, prova da existêcia do Deus que você seguem? Suas posturas, seus textos, suas opiniões mostram apenas o desespero de alguém que parece estar perdendo a batalha e quer garantir, de qualuer forma - nem que seja à força - uma reserva de mercado às suas ideologias. É isso que parece.

Postagens mais visitadas deste blog

QUALIDADES DE UM BOM DESPENSEIRO.

Por Rev. João d'Eça Sermão pregado na Igreja Presbiteriana Monte Moriah, São Luís, MA, dia 14/01/2007 As qualidades de um bom despenseiro. "Servi uns aos outros, cada um conforme o dom que recebeu, como bons despenseiros da multiforme graça de Deus". (I Pedro 4: 10). Introdução: O termo despenseiro tem o significado de alguém que cuida da despensa, ou seja, é o local da casa onde se guarda os alimentos e os outros mantimentos, nesse caso, despenseiro é o que toma de conta de toda a despensa, é uma espécie de Mordomo. No caso do texto básico da mensagem, despenseiro é aquele que administra os dons da multiforme graça de Deus, de maneira que pessa abençoar a si mesmo e ao seu próximo. * Muitas pessoas pensam que todas as coisas são sua propriedade. * A Bíblia nos ensina diferente, pois diz: "Do Senhor é a Terra e a sua plenitude, o mundo e os que nele habitam." ( Salmos 24:1). O profeta Ageu diz também: "O ouro e a prata são seus." * O…

DICIONÁRIO "MARANHENSE" !!!

Por



Rev. João d'EçaJoão do Vale, nosso poeta popular, em uma de suas canções diz: "minha terra tem belezas que em versos não sei dizer; mesmo porque não tem graça, só se vendo pode crer..."As coisas do Maranhão são espetaculares, sua natureza é exuberante, suas cidades são magnificas e sua Capital é encantadora. Eu amo minha cidade de paixão.Há muita coisa que não gosto em São Luís, não tem nada a ver com a natureza ou com a sua história, mas tem a ver com algumas pessoas que tiram a paz de outras pessoas, sem respeitar os seus direitos, mas isso é outra história...Quero lhes apresentar algumas palavras do vocabulário popular maranhense (está bastante incompleto, mas já é alguma coisa, desafio os leitores a me escreverem e me ensinarem novas palavras desse nosso rico "dicionário popular maranhense").Recebi de um amigo, numa lista de E-mails, essa lista que lhes apresento abaixo, achei muito divertido e interessante, fiz algumas adaptações e publico aqui e agora…

"LANÇA O TEU SOBRE AS ÁGUAS" - Eclesiastes 11: 1

PorRev. João d'EçaO texto diz: "Lança o teu pãp sobre as águas, porque depois de muitos dias o acharás"O que será que as Escrituras Sagradas estão nos ensinando aqui?A palavra "pão" sempre foi figura daquilo que ganhamos no dia-a-dia. As pessoas nos indagam: - "Você está indo pra onde?"- Vou ganhar o pão de cada dia (trabalho).Os estudiosos do AT, nos dizem que aqui há duas figuras:1ª Figura: AS CHEIAS DO RIO NILO - Eles jogavam as sementes quando a enchente estava baixando, no final da baixa, as sementes do trigo e da cevada, floresciam.2ª Figura: O COMERCIANTE - O comerciante pegava o seu barco, carregava com os bens que havia produzido e sai para comercializar em outras terras. "Lança o teu pão sobre as águas, porque depois de muitos dias o acharás".No versículos 2, o escritor sagrado nos dá uma lição preciosa, ele nos diz que devemos diversificar a nossa aplicação, porque não sabemos o que ácontecerá amanhã.Como servos dos Deus vivo, o S…