Pular para o conteúdo principal

OS PRINCÍPIOS BÍBLICOS SÃO: OPCIONAIS OU NORMATIVOS?

A pergunta que encima este artigo precisa ser respondida por muitos que estão tratando as Escrituras Sagradas como um livro qualquer, como mera literatura e não como uma REVELAÇÃO DIVINA de si mesmo e do que Deus quer para o seu povo.
Esta semana o governo Lula esteve no Rio de Janeiro para participar das comemorações do Dia da Consciência Negra e lá anunciou o seu Plano Nacional de Combate à Intolerância Religiosa, plano esse que segundo eles visa combater a intolerância religiosa no país, ou seja, o que eles querem é coibir a propagação da Palavra de Deus, proibindo que aqueles que pregam a verdade tenham a liberdade de pregar para qualquer pessoa, de qualquer credo ou religião, ou ainda que pessoas que praticavam certas credos pagãos, uma vez convertidos pela pregação da Palavra de Deus, testemunhem da transformação operada nas suas vidas pelo Evangelho de Cristo.
O que o Governo do presidente Lula da Silva (O grande apedeuta) quer, é tentar silenciar a verdade de Deus de qualquer forma, dai, os inúmeros projetos que estão tramitando na Câmara e no Senado, que visam perseguir os que estão compremetidos com a pregação da verdade do Evangelho e com a salvação daqueles que crendo em Cristo, entregarem suas vidas a Ele.
Para tristeza nossa, em nome de um "discurso politicamente correto", líderes religiosos que deveriam estar protestando contra esse governo corrupto e mal-intencionado, estão aliviando as suas opiniões em entrevistas, para não serem chamados de "intolerantes" ou "preconceituosos". Por exemplo, o bispo auxiliar da Arquidiocese do Rio de Janeiro, Dom Antônio Duarte, disse que a "Igreja Católica está disposta a apoiar pais e mães-de-santo para eliminar o estigma que envolve as chamadas "religiões" afro-brasileiras".
Um pastor que se identificou como presbiteriano disse:
- "Não queremos apenas tolerância, que pressupõe alguma intolerância. Queremos que haja respeito. O cristianismo dialoga, é inclusivo."
Que Deus essa gente serve? Que Bíblia esse pessoal lê?
A Bíblia é NORMATIVA, a Palavra de Deus não prega "inclusão" de ocultismo ou "tolerância" ao paganismo e outros deuses, a Bíblia condena essas práticas diabólicas, pois elas são destrutivas para a alma humana em primeiro lugar e para sociedade em seguida.
A Bíblia está em oposição às pretensões do governo Lula, por esta razão ele quer silenciá-la, pondo o ocultismo africano no mesmo patamar do cristianismo bíblico, isso é um absurdo! Nem Roma nos seus piores dias pretendeu tal coisa. Praticas culrurais e folclóricas de um povo, nada tem a ver com religião. A única religião que liga o homem à Deus é o cristianismo, nenhuma outra religião alega isso, só o cristianismo o faz.
"Como medida inicial, o Plano de Combate à Intolerância Religiosa afetará diretamente a educação, pois estabelece a aplicação imediata da Lei 10.693, sancionada por Lula em 2003, que obriga as escolas públicas e particulares a ensinar História da África e Cultura Afro-Brasileira. O plano também inclui a ação das delegacias de todo o Brasil para combater a intolerância religiosa. Lula escolheu o Rio de Janeiro onde anunciar seu plano porque o Rio tem duas características:
1. Transformou em feriado oficial o dia 20 de novembro como Dia da Consciência Negra. 2. Tem aplicado com rigor a Lei 7716/89, a chamada Lei Caó, que estabelece a igualdade racial e o crime de intolerância religiosa.

O governo Lula pretende promover o relativismo religioso no país, se igualar todos os credos como "religião", estará tentando silenciar a Verdade de Deus na Bíblia. Quero dizer que todos os países que tentaram coisas assim, se deram mal. Geralmente a Igreja clandestina cresce com muito mais força. A perseguição ao invés de dizimar os cristãos, torna-os mais fortes e corajosos. Aliás, acho até que já é hora de Deus enviar uma perseguição à Igreja brasileira, para que só o remanescente fiel trabalhe no poder de Deus para converter os pecadores à verdade, mesmo que isso tenha de acontecer nas catacumbas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DICIONÁRIO "MARANHENSE" !!!

Por



Rev. João d'EçaJoão do Vale, nosso poeta popular, em uma de suas canções diz: "minha terra tem belezas que em versos não sei dizer; mesmo porque não tem graça, só se vendo pode crer..."As coisas do Maranhão são espetaculares, sua natureza é exuberante, suas cidades são magnificas e sua Capital é encantadora. Eu amo minha cidade de paixão.Há muita coisa que não gosto em São Luís, não tem nada a ver com a natureza ou com a sua história, mas tem a ver com algumas pessoas que tiram a paz de outras pessoas, sem respeitar os seus direitos, mas isso é outra história...Quero lhes apresentar algumas palavras do vocabulário popular maranhense (está bastante incompleto, mas já é alguma coisa, desafio os leitores a me escreverem e me ensinarem novas palavras desse nosso rico "dicionário popular maranhense").Recebi de um amigo, numa lista de E-mails, essa lista que lhes apresento abaixo, achei muito divertido e interessante, fiz algumas adaptações e publico aqui e agora…

QUALIDADES DE UM BOM DESPENSEIRO.

Por Rev. João d'Eça Sermão pregado na Igreja Presbiteriana Monte Moriah, São Luís, MA, dia 14/01/2007 As qualidades de um bom despenseiro. "Servi uns aos outros, cada um conforme o dom que recebeu, como bons despenseiros da multiforme graça de Deus". (I Pedro 4: 10). Introdução: O termo despenseiro tem o significado de alguém que cuida da despensa, ou seja, é o local da casa onde se guarda os alimentos e os outros mantimentos, nesse caso, despenseiro é o que toma de conta de toda a despensa, é uma espécie de Mordomo. No caso do texto básico da mensagem, despenseiro é aquele que administra os dons da multiforme graça de Deus, de maneira que pessa abençoar a si mesmo e ao seu próximo. * Muitas pessoas pensam que todas as coisas são sua propriedade. * A Bíblia nos ensina diferente, pois diz: "Do Senhor é a Terra e a sua plenitude, o mundo e os que nele habitam." ( Salmos 24:1). O profeta Ageu diz também: "O ouro e a prata são seus." * O…

"LANÇA O TEU SOBRE AS ÁGUAS" - Eclesiastes 11: 1

PorRev. João d'EçaO texto diz: "Lança o teu pãp sobre as águas, porque depois de muitos dias o acharás"O que será que as Escrituras Sagradas estão nos ensinando aqui?A palavra "pão" sempre foi figura daquilo que ganhamos no dia-a-dia. As pessoas nos indagam: - "Você está indo pra onde?"- Vou ganhar o pão de cada dia (trabalho).Os estudiosos do AT, nos dizem que aqui há duas figuras:1ª Figura: AS CHEIAS DO RIO NILO - Eles jogavam as sementes quando a enchente estava baixando, no final da baixa, as sementes do trigo e da cevada, floresciam.2ª Figura: O COMERCIANTE - O comerciante pegava o seu barco, carregava com os bens que havia produzido e sai para comercializar em outras terras. "Lança o teu pão sobre as águas, porque depois de muitos dias o acharás".No versículos 2, o escritor sagrado nos dá uma lição preciosa, ele nos diz que devemos diversificar a nossa aplicação, porque não sabemos o que ácontecerá amanhã.Como servos dos Deus vivo, o S…