Pular para o conteúdo principal

DEUS, SOBERANO EM TODO O UNIVERSO

By
 
 
Rev. João d'Eça


Introdução:

O universo inteiro é templo de Deus. As insondáveis trajetórias do espaço, tudo proclama a glória de Deus (Salmo 19). Tudo foi criado por ele, iniciado segundo a sua palavra e o seu querer. Por observarmos as coisas que foram criadas, vemos em todas elas as virtudes eternas e a divindade do Criador.

Nós somos tão insignificantes se comparados à imensidão do vasto universo, somos um pequenino templo onde gira o globo terrestre, lugar de nossa habitação. Para onde quer que nos viremos, seja em que direção for, podemos presenciar as magnificas obras das mãos do Soberano Deus, e podemos ouvir os maviosos cânticos da melodia da criação.

A grandeza e majestade do SENHOR.

A imensidão dos mundos, a luz em volta de nós, os astros que giram em perpétua harmonia de suas órbitas, são um testemunho do conhecimento que os equilibrou nos espaços infinitos. As grandes montanhas com seus elevados cumes nevados proclamam as grandezas do seu Criador. As águas do imenso oceano, o estrondo das suas ondas e vagas quebrando na praia, como que cantando um hino de glorificação à Majestade Divina: “Não passarás daqui”.

Os caudalosos rios que deslizam as suas torrentes, levando ao longe o seu constante tributo ao Senhor sempre operante que abriu as suas fontes e os derramou pelos vales. A vasta imensidão das terras, desde o norte gelado ao quente Equador e desde ai até as gélidas terras da Patagônia, desde os rochedos nos mares até os verdes campos de vegetação; todas elas narram a história da presença criadora e providente do Deus Eterno.

As grandes famílias de plantas e a enorme variedade da fauna também dão testemunho do perene correr da fonte da vida. O rugir dos ventos nas copas das gigantescas Sequoias e o gorjear das pequenas aves, elogiam o Criador, autor de toda alegria, fonte de todo o bem-estar.

Todas as coisas, tudo o que existe, todos os organismos da natureza louvam a grandiosidade do Eterno. Tudo o que há no universo é manifestação da obra magnífica de Deus. O SENHOR é Espírito infinito e perfeito, princípio e sustento de todas as coisas, sem Deus, nada haveria, a não ser um vazio abissal.

Conclusão:

Deus está sempre presente no universo. A criação se enche com a sua Glória. Nesse sentido, tudo é sagrado. Nós homens, criados à imagem e semelhança de nosso Deus, dominadores da criação por ordem divina, devemos responder agradecidos e reverentes: Sim, SENHOR, nosso Pai, “os céus proclamam a Tua Glória”. Seja feita a tua vontade. Amém.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DICIONÁRIO "MARANHENSE" !!!

Por



Rev. João d'EçaJoão do Vale, nosso poeta popular, em uma de suas canções diz: "minha terra tem belezas que em versos não sei dizer; mesmo porque não tem graça, só se vendo pode crer..."As coisas do Maranhão são espetaculares, sua natureza é exuberante, suas cidades são magnificas e sua Capital é encantadora. Eu amo minha cidade de paixão.Há muita coisa que não gosto em São Luís, não tem nada a ver com a natureza ou com a sua história, mas tem a ver com algumas pessoas que tiram a paz de outras pessoas, sem respeitar os seus direitos, mas isso é outra história...Quero lhes apresentar algumas palavras do vocabulário popular maranhense (está bastante incompleto, mas já é alguma coisa, desafio os leitores a me escreverem e me ensinarem novas palavras desse nosso rico "dicionário popular maranhense").Recebi de um amigo, numa lista de E-mails, essa lista que lhes apresento abaixo, achei muito divertido e interessante, fiz algumas adaptações e publico aqui e agora…

QUALIDADES DE UM BOM DESPENSEIRO.

Por Rev. João d'Eça Sermão pregado na Igreja Presbiteriana Monte Moriah, São Luís, MA, dia 14/01/2007 As qualidades de um bom despenseiro. "Servi uns aos outros, cada um conforme o dom que recebeu, como bons despenseiros da multiforme graça de Deus". (I Pedro 4: 10). Introdução: O termo despenseiro tem o significado de alguém que cuida da despensa, ou seja, é o local da casa onde se guarda os alimentos e os outros mantimentos, nesse caso, despenseiro é o que toma de conta de toda a despensa, é uma espécie de Mordomo. No caso do texto básico da mensagem, despenseiro é aquele que administra os dons da multiforme graça de Deus, de maneira que pessa abençoar a si mesmo e ao seu próximo. * Muitas pessoas pensam que todas as coisas são sua propriedade. * A Bíblia nos ensina diferente, pois diz: "Do Senhor é a Terra e a sua plenitude, o mundo e os que nele habitam." ( Salmos 24:1). O profeta Ageu diz também: "O ouro e a prata são seus." * O…

"LANÇA O TEU SOBRE AS ÁGUAS" - Eclesiastes 11: 1

PorRev. João d'EçaO texto diz: "Lança o teu pãp sobre as águas, porque depois de muitos dias o acharás"O que será que as Escrituras Sagradas estão nos ensinando aqui?A palavra "pão" sempre foi figura daquilo que ganhamos no dia-a-dia. As pessoas nos indagam: - "Você está indo pra onde?"- Vou ganhar o pão de cada dia (trabalho).Os estudiosos do AT, nos dizem que aqui há duas figuras:1ª Figura: AS CHEIAS DO RIO NILO - Eles jogavam as sementes quando a enchente estava baixando, no final da baixa, as sementes do trigo e da cevada, floresciam.2ª Figura: O COMERCIANTE - O comerciante pegava o seu barco, carregava com os bens que havia produzido e sai para comercializar em outras terras. "Lança o teu pão sobre as águas, porque depois de muitos dias o acharás".No versículos 2, o escritor sagrado nos dá uma lição preciosa, ele nos diz que devemos diversificar a nossa aplicação, porque não sabemos o que ácontecerá amanhã.Como servos dos Deus vivo, o S…