Pular para o conteúdo principal

POR QUE VIR A IGREJA DOMINGO?

Outro dia vi a imagem de uma pessoa amarrada em um cativeiro por seqüestradores, num lugar insalubre e escuro, apavorada e sem esperanças. Me veio à mente a seguinte questão: Uma pessoa nessas condições não pode ir à Igreja no domingo; qual a desculpa de muitos que estão livres?


A Bíblia diz: “Não deixemos de congregar-nos, como é costume de alguns; antes, façamos admoestações e tanto mais quanto vedes que o dia se aproxima.” (Hebreus 10:25).

Quando nos tornamos cristãos, somos chamados a pertencer a uma família - uma igreja. O Novo Testamento nos ensina esse aspecto corporativo: os sinais de que Deus está trabalhando na vida de uma pessoa, são a fé no Senhor Jesus e o amor por todos os santos. (Efésios 1:15).

Em nosso mundo privatizado, somos capazes de esquecer a segunda. Mas um Cristão que não faz parte de uma igreja é como um jogador de futebol que não é parte de uma equipe, não tem nenhuma utilidade!

O QUE É IGREJA?


A palavra traduzida "EKKLESIA" (Grego), na nossa

língua portuguesa é “IGREJA”, que significa uma "multidão" ou uma "assembléia".

A própria palavra indica que vamos nos reunir. Daí surge a pergunta: "Eu sou um cristão, eu faço parte da Igreja?" A resposta bíblica é: "Você faz parte da “multidão”, da “Assembléia”? Pondere sobre isso!

Louvor e Adoração podem ser edificantes, mas isso não é igreja. Ficar sentado em casa ouvindo um CD, assistindo a um DVD ou mesmo a um programa dito, evangélico (não importa quão útil possa ser), mas isso não é a Igreja.

O versículo de Hebreus nos diz que Deus tem um propósito prático para nós nas reuniões da igreja. É lá que podemos encorajar uns aos outros. É muito difícil viver cristianismo em um mundo que o rejeita.

Nós estamos constantemente tentando arrefecer o ardor ou desistir. Deus nos deu uns aos outros para manter-nos mutuamente incentivados a servir a Cristo. Mas também, somos incentivados a passar o tempo com aqueles que conhecem o Deus vivo e verdadeiro. Para desenvolver amizades e juntos cantar louvores a Deus. Para ouvir os testemunhos de mudança operada na vida de outros e abrir a Bíblia para aprendermos juntos.

A maioria das pessoas está dizendo que não precisa disso, que não precisam da ajuda que Deus diz que precisamos. No nosso país há liberdade e facilidade para freqüentarmos a igreja do Senhor. Não existe um só bairro em nossa cidade que não tenha uma igreja aberta no domingo pela manhã e à noite.

Às vezes ouvimos as pessoas dizerem: “Acho que não preciso ir a igreja hoje!”. Após levantar-se, tomar o café e levar a família à igreja, após o culto as ouvimos dizer: “Era isso que eu precisava ouvir de verdade!”

A IMPORTÂNCIA DO DOMINGO.

Os Domingos são fundamentais. A evidência indica que os primeiros cristãos se reuniram no domingo, chamando-o de "O Dia do Senhor". Ainda hoje na sociedade ocidental, o domingo é chamado “descanso Semanal”, para pararmos de trabalhar e concentrar-nos em Deus.

Os pastores preparam-se a semana toda para lhes dá o alimento espiritual necessário no domingo. Vir à igreja nos domingos é mais importante para você e para a sua família do que você pode imaginar. O mesmo acontece com a sua ausência. É mais prejudicial do que você possa pensar.

Posso sugerir alguns aspectos práticos?

Primeiro: Você precisa ter como prioridade a freqüência aos cultos no domingo. Sem uma vontade firme, não vamos fazê-lo, ai abrimos brecha para o inimigo rir de nós por termos passado mais uma semana sem o encorajamento e o ensino, mais uma semana sem o alimento espiritual, mais uma semana sem água viva para as nossas almas.

Não que as outras coisas sejam ruins: as famílias precisam de visita, podem surgir imprevistos em casa, todos nós precisamos de umas férias de vez em quando. Mas se formos um pouco mais cuidadosos de vez em quando, vai fazer uma enorme diferença.

Devo fazer do domingo o meu dia sagrado. Devo priorizar o domingo para a igreja, ao invés de relegá-lo a uma atividade de lazer opcional.

Segundo: Pense em seus filhos.

Qual o efeito que o comparecimento esporádico têm em seus filhos, sobre a compreensão da importância de Cristo na sua vida? Qual será o efeito disso sobre aqueles que procuram organizar atividades para crianças na Igreja? Qual o efeito na vida de seus filhos?

Terceiro: Venha com uma cabeça desobstruída.

O que você vê nas noites de sábado? A que horas você vai dormir? O que você faz que impede de estar na igreja nos domingos pela manhã?

Quarto: Ore pelos domingos: você tem um encontro com o Deus vivo e com o seu povo.

Ore para que Ele fale com você e te abençoe! E eu oro para que você também - sim, você! – Possa ser um incentivo para os outros.

Quinto: Pense sobre os nossos irmãos e irmãs em muitas partes do mundo que têm de percorrer a pé, grandes distâncias para irem a igreja. Lembre daqueles que precisam ficar escondidos, com medo da perseguição.

Nós só temos que rolar para fora da cama! "Te vejo no Domingo!"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

QUALIDADES DE UM BOM DESPENSEIRO.

Por Rev. João d'Eça Sermão pregado na Igreja Presbiteriana Monte Moriah, São Luís, MA, dia 14/01/2007 As qualidades de um bom despenseiro. "Servi uns aos outros, cada um conforme o dom que recebeu, como bons despenseiros da multiforme graça de Deus". (I Pedro 4: 10). Introdução: O termo despenseiro tem o significado de alguém que cuida da despensa, ou seja, é o local da casa onde se guarda os alimentos e os outros mantimentos, nesse caso, despenseiro é o que toma de conta de toda a despensa, é uma espécie de Mordomo. No caso do texto básico da mensagem, despenseiro é aquele que administra os dons da multiforme graça de Deus, de maneira que pessa abençoar a si mesmo e ao seu próximo. * Muitas pessoas pensam que todas as coisas são sua propriedade. * A Bíblia nos ensina diferente, pois diz: "Do Senhor é a Terra e a sua plenitude, o mundo e os que nele habitam." ( Salmos 24:1). O profeta Ageu diz também: "O ouro e a prata são seus." * O…

DICIONÁRIO "MARANHENSE" !!!

Por



Rev. João d'EçaJoão do Vale, nosso poeta popular, em uma de suas canções diz: "minha terra tem belezas que em versos não sei dizer; mesmo porque não tem graça, só se vendo pode crer..."As coisas do Maranhão são espetaculares, sua natureza é exuberante, suas cidades são magnificas e sua Capital é encantadora. Eu amo minha cidade de paixão.Há muita coisa que não gosto em São Luís, não tem nada a ver com a natureza ou com a sua história, mas tem a ver com algumas pessoas que tiram a paz de outras pessoas, sem respeitar os seus direitos, mas isso é outra história...Quero lhes apresentar algumas palavras do vocabulário popular maranhense (está bastante incompleto, mas já é alguma coisa, desafio os leitores a me escreverem e me ensinarem novas palavras desse nosso rico "dicionário popular maranhense").Recebi de um amigo, numa lista de E-mails, essa lista que lhes apresento abaixo, achei muito divertido e interessante, fiz algumas adaptações e publico aqui e agora…

"LANÇA O TEU SOBRE AS ÁGUAS" - Eclesiastes 11: 1

PorRev. João d'EçaO texto diz: "Lança o teu pãp sobre as águas, porque depois de muitos dias o acharás"O que será que as Escrituras Sagradas estão nos ensinando aqui?A palavra "pão" sempre foi figura daquilo que ganhamos no dia-a-dia. As pessoas nos indagam: - "Você está indo pra onde?"- Vou ganhar o pão de cada dia (trabalho).Os estudiosos do AT, nos dizem que aqui há duas figuras:1ª Figura: AS CHEIAS DO RIO NILO - Eles jogavam as sementes quando a enchente estava baixando, no final da baixa, as sementes do trigo e da cevada, floresciam.2ª Figura: O COMERCIANTE - O comerciante pegava o seu barco, carregava com os bens que havia produzido e sai para comercializar em outras terras. "Lança o teu pão sobre as águas, porque depois de muitos dias o acharás".No versículos 2, o escritor sagrado nos dá uma lição preciosa, ele nos diz que devemos diversificar a nossa aplicação, porque não sabemos o que ácontecerá amanhã.Como servos dos Deus vivo, o S…