Pular para o conteúdo principal

O CONHECIMENTO DE DEUS E A OBEDIÊNCIA À SUA VONTADE

Todos os crentes labutam na perspectiva de conhecer a vontade de Deus. Esse assunto é tão importante que fez parte da vida de nosso Mestre Jesus Cristo: “porque eu faço sempre o que lhe agrada.” (João 8:29). Mesmo diante da terrível cruz, Jesus declarou em oração: "... não se faça a minha vontade e sim, a tua." (Lucas 22:42). Isso é tão natural que o Senhor Jesus ensinou os seus discípulos a orar: "... faça-se a tua vontade, assim na terra como no céu." (Mateus 6:10).
Mesmo assim, o fato é que não é fácil discernir a vontade de Deus. Os obstáculos que se apresentam à nossa frente, fazem-nos entender que devemos deixar Deus dirigir o nosso caminho, esperar que ele resolva as coisas que esperamos sejam resolvidas. Porém a situação é bem outra e isso não funciona assim. Compreender a vontade de Deus exige um entendimento que não é uma tarefa fácil, pois a Escritura declara: "... os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos os meus caminhos, diz o Senhor" (Is. 55:8).
A principal das razões porque é difícil conhecer a vontade de Deus, é o tempo que demora a atingirmos o conhecimento devido. Como é um processo a familiarização com o caráter e propósito de Deus, fazendo com que os seus desejos sejam os nossos, a nossa percepção de Deus só será ampliada à medida que continuamos a estudar a sua revelação na Sagrada Escritura e encontrarmos novas aplicações para nós à medida que amadurecemos na graça e no conhecimento em conformidade com Sua vontade.
Mero conhecimento de Deus, no entanto, não é suficiente, pois "... a sabedoria é justificada pelas suas obras" (Mateus 11:19). O propósito último do conhecimento e entendimento é nos levar a obediência. Paulo escrevendo à igreja de Colossos diz que  a finalidade de conhecer a Deus é fazer sua vontade, "... para o seu inteiro agrado, frutificando em toda boa obra e crescendo no pleno conhecimento de Desus." (Colossenses 1:10).
A obediência é muitas vezes caracterizada na escritura como algo que frutifica, como uma árvore cujos galhos pesam ​​com frutas, mas cumprem o propósito de sua existência. (Veja Provérbios 11:30, Mateus 7:16 e Colossenses 1:10 ) Jesus, é retrado no evangelho de João como "a videira verdadeira", e Deus é retratado como o agricultor... ele corta os ramos que não dão frutos ... e os que produzem ele cuida bem para que produzam ainda muito mais. (João 15:1,2 ). Em Gálatas 5:22, há uma lista de frutos de bençãos que são produzidos à partir da obediência: “amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio."
Outro exemplo de produção de bençãos de obediência ocorre quando os pecadores são convertidos em fiéis testemunhas de Cristo (Mateus 9:37, Romanos 1:13 e Gálatas 6:9). Jesus especificamente declarou: "Se você me ama, você vai obedecer o meu mandamento." E então, promete "Se vocês obedecerem aos meus mandamentos, permanecereis no meu amor..." (João 14:15 15:10). Por meio de Jesus Cristo, nosso Senhor, nós recebemos a graça e o ministério para "... para a obediência por fé, entre todos os gentios." (Romanos 1:5).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DICIONÁRIO "MARANHENSE" !!!

Por



Rev. João d'EçaJoão do Vale, nosso poeta popular, em uma de suas canções diz: "minha terra tem belezas que em versos não sei dizer; mesmo porque não tem graça, só se vendo pode crer..."As coisas do Maranhão são espetaculares, sua natureza é exuberante, suas cidades são magnificas e sua Capital é encantadora. Eu amo minha cidade de paixão.Há muita coisa que não gosto em São Luís, não tem nada a ver com a natureza ou com a sua história, mas tem a ver com algumas pessoas que tiram a paz de outras pessoas, sem respeitar os seus direitos, mas isso é outra história...Quero lhes apresentar algumas palavras do vocabulário popular maranhense (está bastante incompleto, mas já é alguma coisa, desafio os leitores a me escreverem e me ensinarem novas palavras desse nosso rico "dicionário popular maranhense").Recebi de um amigo, numa lista de E-mails, essa lista que lhes apresento abaixo, achei muito divertido e interessante, fiz algumas adaptações e publico aqui e agora…

QUALIDADES DE UM BOM DESPENSEIRO.

Por Rev. João d'Eça Sermão pregado na Igreja Presbiteriana Monte Moriah, São Luís, MA, dia 14/01/2007 As qualidades de um bom despenseiro. "Servi uns aos outros, cada um conforme o dom que recebeu, como bons despenseiros da multiforme graça de Deus". (I Pedro 4: 10). Introdução: O termo despenseiro tem o significado de alguém que cuida da despensa, ou seja, é o local da casa onde se guarda os alimentos e os outros mantimentos, nesse caso, despenseiro é o que toma de conta de toda a despensa, é uma espécie de Mordomo. No caso do texto básico da mensagem, despenseiro é aquele que administra os dons da multiforme graça de Deus, de maneira que pessa abençoar a si mesmo e ao seu próximo. * Muitas pessoas pensam que todas as coisas são sua propriedade. * A Bíblia nos ensina diferente, pois diz: "Do Senhor é a Terra e a sua plenitude, o mundo e os que nele habitam." ( Salmos 24:1). O profeta Ageu diz também: "O ouro e a prata são seus." * O…

"LANÇA O TEU SOBRE AS ÁGUAS" - Eclesiastes 11: 1

PorRev. João d'EçaO texto diz: "Lança o teu pãp sobre as águas, porque depois de muitos dias o acharás"O que será que as Escrituras Sagradas estão nos ensinando aqui?A palavra "pão" sempre foi figura daquilo que ganhamos no dia-a-dia. As pessoas nos indagam: - "Você está indo pra onde?"- Vou ganhar o pão de cada dia (trabalho).Os estudiosos do AT, nos dizem que aqui há duas figuras:1ª Figura: AS CHEIAS DO RIO NILO - Eles jogavam as sementes quando a enchente estava baixando, no final da baixa, as sementes do trigo e da cevada, floresciam.2ª Figura: O COMERCIANTE - O comerciante pegava o seu barco, carregava com os bens que havia produzido e sai para comercializar em outras terras. "Lança o teu pão sobre as águas, porque depois de muitos dias o acharás".No versículos 2, o escritor sagrado nos dá uma lição preciosa, ele nos diz que devemos diversificar a nossa aplicação, porque não sabemos o que ácontecerá amanhã.Como servos dos Deus vivo, o S…