Pular para o conteúdo principal

A TRAGÉDIA DO RIO E A DISCUSSÃO SOBRE DESARMAMENTO.

Nós brasileiros estamos todos chocados com a extrema violência cometida por um maluco, sabe-se lá porque, contra crianças e adolescentes numa escola no bairro do Realengo, no Estado do Rio de Janeiro.

O certo é que muitas coisas ainda virão à tona a respeito desse caso. A polícia descobrirá ainda muitas nuances e com certeza nos surpreenderemos sobre os motivos do doido que fez isso.

Ocorre que após o fato lamentável, o Governo Federal através do seu Ministro da Justiça, levanta novamente a questão do desarmamento. Parece que esse governo do PT quer mesmo desarmar a população e deixar os bandidos armados. Será alguma estratégia de dominação? A população desarmada não consegue se defender de um governo corrupto e de pilantras, caso eles queiram se impor contra a população. Vejam o que ocorre na Líbia, onde a população desarmada é alvo fácil de Ghadaffi e sua megalomania. A população civil tem sido trucidade e não tem com que se defender. Toda hora os "rebeldes" pedem armas pra OTAN para poderem combater o bandido do seu presidente.

Há mais bandidos soltos pelas ruas do Brasil do que presos nas penitenciárias, isso demonstra a incompetência de um governo esqerdista que há 18 anos governa o Brasil e não fez nada até agora para proteger a população, pelo contrário, querem desarmar o povo e deixar os bandidos livres, leves e soltos.

As fronteiras não são protegidas por esse sistema de governo incompentente, o tráfico de armas para bandidos está liberado por causa desse sistema de governo incompetente, as drogas circulam solta em todo país, por causa desse sistema de governo e desse governo do PT incompetente. O que eles pretendem ainda é deixar a população desprotegida, à mercê de marginais que povoam as ruas de nossas cidades, armados até os dentes, Eles querem proibir que o cidadão tenha uma arma pra se proteger.

O que  ocorreu no Rio de Janeiro, não tem nada a ver com desarmamento, é uma tragédia, um caso isolado, que poderia ser evitado se a prefeitura fizesse o certo: guardas armados na Escola e fazendo revista de quem entra, ou pelo menos  com detectores de metal, mas eles não querem investir em segurança!!!! Porque querem embolsar a verba.

Nos EUA existe uma população de 300 milhões de habitantes, as armas são liberadas e o número de assassinatos anual é de 7 mil. Aqui no Brasil, com uma população de 190 milhões de habitantes, armas proibidas, ocorrem 50 mil assassinatos por ano, isso é número de guerra. Por que? Porque os governos de esquerda dos últimos 18 anos planejaram desarmar a população e deixaram os bandidos armados.

Não é impedindo que a população tenha a possibilidade de se proteger, tendo uma arma legalizada em casa, que o número de assassinatos (50.000 p/ ano - Isso é um absurdo) irá diminuir, isso ocorrerá quando o governo assumir a sua responsabilidade aumentando o número de policiais em pelo menos o dobro do que já existe, aumentando o efetivo das Forças Armadas em pelo menos o triplo do que existe hoje, para patrulhar as fronteiras e impedir que armas e drogas entrem no país e investindo pesado na Educação para que os nossos jovens cresçam de forma saudável para se tornarem cidadãos exemplares, num país de paz.

E ainda tem mais senhora Presidente Dilma Roussef: Por que a senhora não chora também pelos milhares de "brasileirinhos" que são abortados todos os dias no Brasil e que seu partido o PT, luta pra legalizar essa carnificina?

A PAZ só virá quando os governos  e as pessoas respeitarem a vida desde o ventre materno. O resto é consequência;

Comentários

Anônimo disse…
Absolutamente correto. Concordo em gênero, número e grau.

Pergunto onde conseguistes os dados de população e assassinatos nos eua? Gostaria muito de obter a fonte.

Parabéns pelo artigo.
Os dados estão no Artigo de Reinaldo Azevedo de VEJA no link: http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/o-psicopata-desencadeia-o-surto-dos-esquerdopatas/

Postagens mais visitadas deste blog

DICIONÁRIO "MARANHENSE" !!!

Por



Rev. João d'EçaJoão do Vale, nosso poeta popular, em uma de suas canções diz: "minha terra tem belezas que em versos não sei dizer; mesmo porque não tem graça, só se vendo pode crer..."As coisas do Maranhão são espetaculares, sua natureza é exuberante, suas cidades são magnificas e sua Capital é encantadora. Eu amo minha cidade de paixão.Há muita coisa que não gosto em São Luís, não tem nada a ver com a natureza ou com a sua história, mas tem a ver com algumas pessoas que tiram a paz de outras pessoas, sem respeitar os seus direitos, mas isso é outra história...Quero lhes apresentar algumas palavras do vocabulário popular maranhense (está bastante incompleto, mas já é alguma coisa, desafio os leitores a me escreverem e me ensinarem novas palavras desse nosso rico "dicionário popular maranhense").Recebi de um amigo, numa lista de E-mails, essa lista que lhes apresento abaixo, achei muito divertido e interessante, fiz algumas adaptações e publico aqui e agora…

"LANÇA O TEU SOBRE AS ÁGUAS" - Eclesiastes 11: 1

PorRev. João d'EçaO texto diz: "Lança o teu pãp sobre as águas, porque depois de muitos dias o acharás"O que será que as Escrituras Sagradas estão nos ensinando aqui?A palavra "pão" sempre foi figura daquilo que ganhamos no dia-a-dia. As pessoas nos indagam: - "Você está indo pra onde?"- Vou ganhar o pão de cada dia (trabalho).Os estudiosos do AT, nos dizem que aqui há duas figuras:1ª Figura: AS CHEIAS DO RIO NILO - Eles jogavam as sementes quando a enchente estava baixando, no final da baixa, as sementes do trigo e da cevada, floresciam.2ª Figura: O COMERCIANTE - O comerciante pegava o seu barco, carregava com os bens que havia produzido e sai para comercializar em outras terras. "Lança o teu pão sobre as águas, porque depois de muitos dias o acharás".No versículos 2, o escritor sagrado nos dá uma lição preciosa, ele nos diz que devemos diversificar a nossa aplicação, porque não sabemos o que ácontecerá amanhã.Como servos dos Deus vivo, o S…

QUALIDADES DE UM BOM DESPENSEIRO.

Por Rev. João d'Eça Sermão pregado na Igreja Presbiteriana Monte Moriah, São Luís, MA, dia 14/01/2007 As qualidades de um bom despenseiro. "Servi uns aos outros, cada um conforme o dom que recebeu, como bons despenseiros da multiforme graça de Deus". (I Pedro 4: 10). Introdução: O termo despenseiro tem o significado de alguém que cuida da despensa, ou seja, é o local da casa onde se guarda os alimentos e os outros mantimentos, nesse caso, despenseiro é o que toma de conta de toda a despensa, é uma espécie de Mordomo. No caso do texto básico da mensagem, despenseiro é aquele que administra os dons da multiforme graça de Deus, de maneira que pessa abençoar a si mesmo e ao seu próximo. * Muitas pessoas pensam que todas as coisas são sua propriedade. * A Bíblia nos ensina diferente, pois diz: "Do Senhor é a Terra e a sua plenitude, o mundo e os que nele habitam." ( Salmos 24:1). O profeta Ageu diz também: "O ouro e a prata são seus." * O…