Pular para o conteúdo principal

UMA HISTÓRIA BEM SEMELHANTE!!!


Por

Rev. João d'Eça

Quem é seu presidente???

Trata-se de um homem de origem humilde, “apenas mais um do Povo”. Sim, o “Povo” é com maiúscula.

Em sua infância foi um aluno mediano, que despertou pouca atenção dos professores. Provavelmente estes o consideravam mais um candidato a operário ou desempregado.

Apesar de sonhar alto, o jovem futuro Governante confirmou a expectativa inicial de seus mestres. Saído de sua terra natal em busca de melhores oportunidades, vagou entre um emprego e outro na maior cidade de seu País. Foi um cidadão abaixo da mediocridade, até que um acidente mudou sua vida.

Após o sinistro, prometeu-se que nunca mais veria o mundo e a política com os mesmos olhos. Em pouco tempo, engajou-se na tumultuada vida política de seu País.

Abraçando seus ideais revolucionários, chegou a ser preso por sua luta política, mas o tempo no cárcere contou em seu favor, criando uma aura de mártir e herói do Povo, sendo um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores.

Seu modesto nível de instrução não o habilitava a uma posição de doutrinador do Partido (também com maiúscula), mas seu poderoso carisma e a enorme identificação que despertava no povo rapidamente alçaram-no à condição de líder inconteste do Partido, a ponto de sua pessoa e o Partido se tornarem indissoluvelmente unidos.

Para o papel de doutrinadores, o Partido arregimentou grande quantidade de intelectuais e estudiosos, que avidamente se entregaram à tarefa de alçar o Partido à condição de entidade infalível e onipotente. Infiltrados nas Universidades, órgãos da mídia e em todos os meios de formação de opinião, essa elite intelectual exerceu papel fundamental no crescimento do Partido.
Seu magnetismo pessoal arregimentou milhares de correligionários, que veneravam o Partido com fanatismo dogmático.Seu virulento discurso atacava os demais partidos, apontando-os como fracos, ineptos e extremamente corruptos. Não havia outro meio de salvar a nação que não o Partido. O País sofria o achaque de potências estrangeiras, que subvertiam a soberania nacional. Somente a mão firme e destra do Líder do Partido seria capaz de reverter tal quadro.

Convencido de que não atingiria os seus objetivos pela força, o Líder envidou todos os esforços para obter pelos votos o que sua fracassada Revolução não conseguira. Sua bancada cresceu visivelmente, logo se tornando a principal força política do País.

Em seu discurso, o Partido prometia prosperidade, grandeza da Pátria, segurança para os trabalhadores e a completa erradicação da pobreza e da corrupção.

Após quase conseguir por diversas vezes, finalmente o Líder ascende ao Poder. Seu Partido é uma verdadeira máquina, que rapidamente começa a aparelhar o Estado. Tal aparelhamento ocorreu de forma tão indelével que Estado e Partido passaram a se confundir como um só. Competência e capacidade perderam importância perante a lealdade partidária e ideológica. Gurus e fanáticos de várias espécies assumiram funções-chave no novo Governo.

No entanto, as promessas de campanha começaram a se mostrar vazias, enquanto membros do Partido eram sucessivamente investigados por envolvimento em verdadeiros escândalos de corrupção, lavagem de dinheiro, formação de quadrilha e tudo que o Partido sempre jurara combater, e que demagogicamente criticou enquanto oposição.

Os escândalos se multiplicavam, e os membros do Partido se tornaram cada vez mais poderosos, irresponsáveis e incontroláveis. Movimentos organizados de cunho político-partidário afrontavam abertamente as autoridades e os Poderes constituídos. O Líder teve que intervir. Rompeu parcialmente com o Partido, como se nada tivesse a ver com o mesmo.

O final dessa história é bem conhecido: DESORDEM. CAOS. DESTRUIÇÃO. FRACASSO. MORTE.

Agora, uma pergunta: sobre quem fala o texto acima ????




O texto descreve a trajetória política de ADOLF HITLER e o III Reich alemão. A única diferença é que, diferente de Lula e do PT, Hitler e os nazistas cumpriram à risca a grande maioria de suas insanas promessas.




ISSO É ENGRAÇADO????
VOCÊ ACHA ENGRAÇADO???

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

QUALIDADES DE UM BOM DESPENSEIRO.

Por Rev. João d'Eça Sermão pregado na Igreja Presbiteriana Monte Moriah, São Luís, MA, dia 14/01/2007 As qualidades de um bom despenseiro. "Servi uns aos outros, cada um conforme o dom que recebeu, como bons despenseiros da multiforme graça de Deus". (I Pedro 4: 10). Introdução: O termo despenseiro tem o significado de alguém que cuida da despensa, ou seja, é o local da casa onde se guarda os alimentos e os outros mantimentos, nesse caso, despenseiro é o que toma de conta de toda a despensa, é uma espécie de Mordomo. No caso do texto básico da mensagem, despenseiro é aquele que administra os dons da multiforme graça de Deus, de maneira que pessa abençoar a si mesmo e ao seu próximo. * Muitas pessoas pensam que todas as coisas são sua propriedade. * A Bíblia nos ensina diferente, pois diz: "Do Senhor é a Terra e a sua plenitude, o mundo e os que nele habitam." ( Salmos 24:1). O profeta Ageu diz também: "O ouro e a prata são seus." * O…

DICIONÁRIO "MARANHENSE" !!!

Por



Rev. João d'EçaJoão do Vale, nosso poeta popular, em uma de suas canções diz: "minha terra tem belezas que em versos não sei dizer; mesmo porque não tem graça, só se vendo pode crer..."As coisas do Maranhão são espetaculares, sua natureza é exuberante, suas cidades são magnificas e sua Capital é encantadora. Eu amo minha cidade de paixão.Há muita coisa que não gosto em São Luís, não tem nada a ver com a natureza ou com a sua história, mas tem a ver com algumas pessoas que tiram a paz de outras pessoas, sem respeitar os seus direitos, mas isso é outra história...Quero lhes apresentar algumas palavras do vocabulário popular maranhense (está bastante incompleto, mas já é alguma coisa, desafio os leitores a me escreverem e me ensinarem novas palavras desse nosso rico "dicionário popular maranhense").Recebi de um amigo, numa lista de E-mails, essa lista que lhes apresento abaixo, achei muito divertido e interessante, fiz algumas adaptações e publico aqui e agora…

"LANÇA O TEU SOBRE AS ÁGUAS" - Eclesiastes 11: 1

PorRev. João d'EçaO texto diz: "Lança o teu pãp sobre as águas, porque depois de muitos dias o acharás"O que será que as Escrituras Sagradas estão nos ensinando aqui?A palavra "pão" sempre foi figura daquilo que ganhamos no dia-a-dia. As pessoas nos indagam: - "Você está indo pra onde?"- Vou ganhar o pão de cada dia (trabalho).Os estudiosos do AT, nos dizem que aqui há duas figuras:1ª Figura: AS CHEIAS DO RIO NILO - Eles jogavam as sementes quando a enchente estava baixando, no final da baixa, as sementes do trigo e da cevada, floresciam.2ª Figura: O COMERCIANTE - O comerciante pegava o seu barco, carregava com os bens que havia produzido e sai para comercializar em outras terras. "Lança o teu pão sobre as águas, porque depois de muitos dias o acharás".No versículos 2, o escritor sagrado nos dá uma lição preciosa, ele nos diz que devemos diversificar a nossa aplicação, porque não sabemos o que ácontecerá amanhã.Como servos dos Deus vivo, o S…