Pular para o conteúdo principal

DIFERENÇAS FUNDAMENTAIS ENTRE A TEOLOGIA REFORMADA E A IGREJA ROMANA

1 – A Regra de Fé.

Reformados
Para a Igreja Reformada, a Regra de Fé é a Palavra de Deus contida nas Sagradas Escrituras hebraico-cristãs, a Bíblia explica a própria Bíblia.

Os crentes são estimulados a lerem suas Bíblias e buscarem o entendimento de acordo com a iluminação do Santo Espírito. Os crentes reformados examinam as Escrituras, estudam e meditam sobre elas.

A regra de Fé para os reformados foi estabelecida pelo próprio Deus, desde a antiguidade, como se vê nas passagens seguintes:

Deut. 6: 6-9; Deut. 31: 9-13; Josué 8: 34, 35; Salmo 119: 105, Isaias 8: 20 e 34: 16; Neemias 8: 1-3; 2º Reis 23: 2, 3. Essa mesma regra que manda examinar as escrituras Sagradas para obter o verdadeiro conhecimento religioso foi recomendado por Jesus Cristo e praticado pelos seus apóstolos, tornando-se a Regra de Fé da Igreja Cristã. Veja mais as seguintes passagens da Bíblia: João 5: 39, Lucas 16: 29 a 31, Atos 17: 10-12, II Tim. 3: 14, 17.

Romanistas
A Regra de Fé para os romanistas é a palavra de bispos, cardeais e papas, ou seja, é palavra de homens. A Regra de Fé para os romanistas conduz à indiferença, ao obscurantismo, ao analfabetismo, deixando o povo ignorante por não estimular a leitura da Bíblia pela Bíblia e não com base no magistério da igreja.

2 – O método de Culto.

Reformados.
Culto dos reformados é centralizado em Deus. Tem uma liturgia que é voltada para a honra de Deus e aponta para a sua glória. O Culto reformado é em Espírito e em verdade. Veja as seguintes passagens bíblicas: Êxodo 20: 4, 5, Deut. 4: 15-18 e 23-26. Isaias 44: 9-20, Jeremias 10: 2-7, João 4: 23, 24; 14: 13, 14, Filipenses 3: 3, Salmo 120: 1, 2, Salmo 135: 14-21.

Romanistas
Inclui os santos, as imagens, as relíquias, os hostensórios, etc....


3 – O Mediador.

Reforrmados.
Jesus Cristo é o único mediador entre Deus e os homens. E é isso o que Deus estabelece em sua Palavra. Veja as passagens: Heb. 9: 14, 15, João 2: 2-5, 6: 37, 14: 6, I Timóteo 2: 5, I João 2: 1, 2, Heb. 7: 24 e 25, Efésios 2: 13-18, I Pd. 2: 5, João 14: 13, 14, 16: 23-24, Apoc. 19: 10-22, Atos 10: 25-26, 14: 12-15, Colossensses 2: 18-23, Romanos 1: 25.


Romanistas.
Para os romanistas, Maria é mediadora e co-redentora. Para os romanistas, ela ouve orações.

 
4 – Virgem Maria

Reformados.
Presta consideração à Maria, como mãe da natureza humana de Jesus Cristo, mas não a adora como uma “deusa”. Veja as seguintes passagens: João 2: 3-5, Mt. 12: 46-50, Mc. 3: 31-35, Lc. 8: 19-21 e 11: 27, 28, Jz. 5: 24, Jr. 7: 18, 44: 17-23.

Se Maria, ao perder o filho por dois ou três dias, não soube onde ele se encontrava, imaginem se ela sabe o que se passa com alguém aqui na terra. Ela não possui poderes iguais ao de Deus, aliás, ela não possui poder espiritual algum.

Romanistas.
A Igreja romana presta as mesmas honras devidas exclusivamente a Deus e ao se Filho Unigênito, Jesus Cristo.


5 – A Confissão de Pecados.


Reformados.
Segundo o ensino claro da Bíblia, os crentes reformados são instruídos a confessarem as suas ofensas àqueles a quem ofenderam e confessar a Deus todos os pecados, pois só ele pode perdoar pecados. Ele está pronto a perdoar aqueles que sinceramente se achegam a ele. Veja os versículos que amparam essa doutrina: Tiago 5: 16, Mat. 3: 6, Atos 19: 18-19, Salmo 32: 5-6, Daniel 9: 4,5 e 17-19, I Jo. 1: 8-10, Atos 3: 19-23, Salmo 119:145-152.


Romanistas.
Ensinam que os sacerdotes católicos tem o poder de perdoar pecados e estabelecer penitência.


6 – A Missa.

Reformados.
Ensina que o sacrifício da missa é desnecessário, pois Jesus Cristo, já fez o sacrifício, expiando os pecados de uma vez por todas.

A Santa Ceia é um sacramento, pois sendo um rito sagrado, relembra o sacrifício de Cristo pelos seus eleitos. Todo simbolismo é feito em memória de Cristo que se ofereceu na Cruz, para resgate das nossas almas, de modo que “todo aquele que nele crê, não pereça, mas tenha a vida eterna.”

As passagens bíblicas que seguem esclarecem esse assunto: Isaias 53, Hb. 9: 11-15, I Pd. 1: 18-20, Col. 1: 19-22, I João 2: 1-2, Heb. 9: 27-28 e 10: 10-18.


Romanistas.
Faz a repetição incruenta do sacrifício de Cristo e ensinam que a hóstia se transforma em corpo e sangue de Jesus, tão real como está no céu. Quem como a hóstia, come o próprio Cristo, por esta razão a missa é considerada o ato mais importante do culto romanista.


7 – O Casamento.

 
Reformados.
Os reformados consideram regular o casamento de seus ministros e exige que antes de serem bons pastores, tem de ser bons pais de família. Os pais apostólicos eram casados. Veja os seguintes textos que afirmam esse posicionamento. Lev. 21: 10, 13-14, 22: 12-13, I Sam. 2: 17-30. Os ministros e oficiais da igreja eram casados. Pedro esra casado, Mt. 8: 14, Mc. 1: 29-31, os bispos ou presbíteros e os diáconos eram casados, I Tm 3: 1-13, Tito 1: 5-9.


Romanistas.
Para manter a sua hegemonia e não gerar direito de herança, a igreja católica proíbe que os padres casem. Em grande parte das vezes as mulheres diante do confessionário, se confessam com um sábio conselheiro, mas também podem fazê-lo diante de um sedutor ou lascivo.

Está registrado na história o fato de muitos padres e freiras se envolverem sexualmente nos conventos e até há registro de filhos nascidos de relacionamento de padres e freiras.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DICIONÁRIO "MARANHENSE" !!!

Por



Rev. João d'EçaJoão do Vale, nosso poeta popular, em uma de suas canções diz: "minha terra tem belezas que em versos não sei dizer; mesmo porque não tem graça, só se vendo pode crer..."As coisas do Maranhão são espetaculares, sua natureza é exuberante, suas cidades são magnificas e sua Capital é encantadora. Eu amo minha cidade de paixão.Há muita coisa que não gosto em São Luís, não tem nada a ver com a natureza ou com a sua história, mas tem a ver com algumas pessoas que tiram a paz de outras pessoas, sem respeitar os seus direitos, mas isso é outra história...Quero lhes apresentar algumas palavras do vocabulário popular maranhense (está bastante incompleto, mas já é alguma coisa, desafio os leitores a me escreverem e me ensinarem novas palavras desse nosso rico "dicionário popular maranhense").Recebi de um amigo, numa lista de E-mails, essa lista que lhes apresento abaixo, achei muito divertido e interessante, fiz algumas adaptações e publico aqui e agora…

"LANÇA O TEU SOBRE AS ÁGUAS" - Eclesiastes 11: 1

PorRev. João d'EçaO texto diz: "Lança o teu pãp sobre as águas, porque depois de muitos dias o acharás"O que será que as Escrituras Sagradas estão nos ensinando aqui?A palavra "pão" sempre foi figura daquilo que ganhamos no dia-a-dia. As pessoas nos indagam: - "Você está indo pra onde?"- Vou ganhar o pão de cada dia (trabalho).Os estudiosos do AT, nos dizem que aqui há duas figuras:1ª Figura: AS CHEIAS DO RIO NILO - Eles jogavam as sementes quando a enchente estava baixando, no final da baixa, as sementes do trigo e da cevada, floresciam.2ª Figura: O COMERCIANTE - O comerciante pegava o seu barco, carregava com os bens que havia produzido e sai para comercializar em outras terras. "Lança o teu pão sobre as águas, porque depois de muitos dias o acharás".No versículos 2, o escritor sagrado nos dá uma lição preciosa, ele nos diz que devemos diversificar a nossa aplicação, porque não sabemos o que ácontecerá amanhã.Como servos dos Deus vivo, o S…

QUALIDADES DE UM BOM DESPENSEIRO.

Por Rev. João d'Eça Sermão pregado na Igreja Presbiteriana Monte Moriah, São Luís, MA, dia 14/01/2007 As qualidades de um bom despenseiro. "Servi uns aos outros, cada um conforme o dom que recebeu, como bons despenseiros da multiforme graça de Deus". (I Pedro 4: 10). Introdução: O termo despenseiro tem o significado de alguém que cuida da despensa, ou seja, é o local da casa onde se guarda os alimentos e os outros mantimentos, nesse caso, despenseiro é o que toma de conta de toda a despensa, é uma espécie de Mordomo. No caso do texto básico da mensagem, despenseiro é aquele que administra os dons da multiforme graça de Deus, de maneira que pessa abençoar a si mesmo e ao seu próximo. * Muitas pessoas pensam que todas as coisas são sua propriedade. * A Bíblia nos ensina diferente, pois diz: "Do Senhor é a Terra e a sua plenitude, o mundo e os que nele habitam." ( Salmos 24:1). O profeta Ageu diz também: "O ouro e a prata são seus." * O…