Pular para o conteúdo principal

OS EVANGÉLICOS E AS ELEIÇÕES

Muita gente desinformada, principalmente alguns jornalistas preconceituosos e idiotizados (Quem despreza e desdenha do sentimento religioso de outros é um imbecil-idiota), estão dizendo que a campanha presidencial de 2010, tomou o rumo das discussões religiosas e que os evangélicos do Brasil estão fazendo pressão sobre os candidatos para obter dividendos com isso.


Vamos por partes. Primeiro essa discussão não é de agora recente, da campanha de 2010, ela foi discutida já em 2004 e se agravou com os projetos que o PT, através de seus deputados e senadores, enviaram para votação na Câmara e no Senado e que só foram derrotados devido a ação dos deputados evangélicos e defensores da vida (A lei do Aborto, por exemplo, foi derrotada por 43 a 0), o PLC 122/2006 (Lei da Mordaça Gay), cuja relatora é a Senadora Fátima Cleide (PT), que diga-se de passagem não foi reeleita senadora, e que apesar de toda tramóia perpetrada pela senadora para votar o projeto, não conseguiu sucesso, e mais recentemente o PNDH3, que foi arquitetado na Casa Civil do governo Lula e que dentre outras coisas prejudiciais à sociedade, propõe até cerceamento da imprensa e a inclusão dos projetos acima na pauta.

Ocorre que jornalistas preguiçosos, que não tem coragem ou não tem habilidade para ler esses projetos e formar um juízo de valor, e só ficam como “papagaio de pirata” ou “Maria-vai-com-as-outras”, repetindo jargões e pseudos-conceitos sociológicos para ofender as pessoas que tem convicções religiosas, como se eles fossem os donos da “cocada-preta”, sendo um bando de imbecilóides.

Os evangélicos no Brasil, a despeito dos aproveitadores, são gente séria, gente de bem, gente que só faz bem para esse país e que se não fosse os evangélicos, com certeza, o Brasil estaria em pior situação.

Como disse um pastor recentemente, “um crente orando faz muito mais pelo Brasil, do que todos os políticos juntos nas votações do Congresso.”

A polêmica começou desde que os crentes começaram a usar a Internet para denunciar esses projetos malditos do PT e a “gota d’Agua” foi o caso do pastor Piragine, da PIB de Curitiba que num sermão na Igreja disse: “que não iria pedir pra ninguém votar nesse ou naquele candidato, mas sim, em quem eles não deveriam votar, no caso, nos candidatos do PT e nos candidatos alinhados com os projetos do PT.” O vídeo foi visto por mais de 3 milhões de pessoas no Brasil.

“Os analistas divergem quanto às causas principais desse resultado. Inicialmente, falou-se bastante na influência da intensa campanha movida pela Internet, por evangélicos, católicos e até espíritas, apontando as posições, do partido da líder nas pesquisas, em favor do aborto, da defesa ao casamento homossexual e da proibição a identificar o homossexualismo como o pecado que é. Essas e outras posições moralmente condenáveis integram tanto o malfadado projeto lei PLC 122/2006, quanto o execrável Plano Nacional dos Direitos Humanos, em sua terceira versão. Estes, sob o suposto manto de oposição à discriminação (atualmente, convicções religiosas estão sendo automaticamente rotuladas pejorativamente de “preconceito” ou de “discriminação”), procuram impingir formas de vidas condenáveis pela Palavra de Deus a todas as famílias brasileiras. Devemos lembrar, também, que o partido da Sra. Dilma suspendeu os direitos partidários de dois dos seus integrantes por manterem convicções contrárias a essas bandeiras defendidas pelos militantes”

Não são os evangélicos que fazem mal ao Brasil, mas sim, esses que querem viver a vida dissolutamente, sem responsabilidade, na “bagaceira”, promiscuamente, ou os assassinos de criançinhas (defensores do Aborto), que com peso na consciência, tentam camuflar seu sentimento de culpa, usando de sua verborragia venenosa.

Comentários

Voltemos aos desígnios de Deus;
Nele somos mais hábeis para toda controvérsia;
muita energia está sendo dispendida nos negócios deste mundo.

Em Cristo.

Postagens mais visitadas deste blog

QUALIDADES DE UM BOM DESPENSEIRO.

Por Rev. João d'Eça Sermão pregado na Igreja Presbiteriana Monte Moriah, São Luís, MA, dia 14/01/2007 As qualidades de um bom despenseiro. "Servi uns aos outros, cada um conforme o dom que recebeu, como bons despenseiros da multiforme graça de Deus". (I Pedro 4: 10). Introdução: O termo despenseiro tem o significado de alguém que cuida da despensa, ou seja, é o local da casa onde se guarda os alimentos e os outros mantimentos, nesse caso, despenseiro é o que toma de conta de toda a despensa, é uma espécie de Mordomo. No caso do texto básico da mensagem, despenseiro é aquele que administra os dons da multiforme graça de Deus, de maneira que pessa abençoar a si mesmo e ao seu próximo. * Muitas pessoas pensam que todas as coisas são sua propriedade. * A Bíblia nos ensina diferente, pois diz: "Do Senhor é a Terra e a sua plenitude, o mundo e os que nele habitam." ( Salmos 24:1). O profeta Ageu diz também: "O ouro e a prata são seus." * O…

DICIONÁRIO "MARANHENSE" !!!

Por



Rev. João d'EçaJoão do Vale, nosso poeta popular, em uma de suas canções diz: "minha terra tem belezas que em versos não sei dizer; mesmo porque não tem graça, só se vendo pode crer..."As coisas do Maranhão são espetaculares, sua natureza é exuberante, suas cidades são magnificas e sua Capital é encantadora. Eu amo minha cidade de paixão.Há muita coisa que não gosto em São Luís, não tem nada a ver com a natureza ou com a sua história, mas tem a ver com algumas pessoas que tiram a paz de outras pessoas, sem respeitar os seus direitos, mas isso é outra história...Quero lhes apresentar algumas palavras do vocabulário popular maranhense (está bastante incompleto, mas já é alguma coisa, desafio os leitores a me escreverem e me ensinarem novas palavras desse nosso rico "dicionário popular maranhense").Recebi de um amigo, numa lista de E-mails, essa lista que lhes apresento abaixo, achei muito divertido e interessante, fiz algumas adaptações e publico aqui e agora…

"LANÇA O TEU SOBRE AS ÁGUAS" - Eclesiastes 11: 1

PorRev. João d'EçaO texto diz: "Lança o teu pãp sobre as águas, porque depois de muitos dias o acharás"O que será que as Escrituras Sagradas estão nos ensinando aqui?A palavra "pão" sempre foi figura daquilo que ganhamos no dia-a-dia. As pessoas nos indagam: - "Você está indo pra onde?"- Vou ganhar o pão de cada dia (trabalho).Os estudiosos do AT, nos dizem que aqui há duas figuras:1ª Figura: AS CHEIAS DO RIO NILO - Eles jogavam as sementes quando a enchente estava baixando, no final da baixa, as sementes do trigo e da cevada, floresciam.2ª Figura: O COMERCIANTE - O comerciante pegava o seu barco, carregava com os bens que havia produzido e sai para comercializar em outras terras. "Lança o teu pão sobre as águas, porque depois de muitos dias o acharás".No versículos 2, o escritor sagrado nos dá uma lição preciosa, ele nos diz que devemos diversificar a nossa aplicação, porque não sabemos o que ácontecerá amanhã.Como servos dos Deus vivo, o S…