Pular para o conteúdo principal

KAKÁ, A IGREJA RENASCER E OS BISPOS.


Por
Rev. João d'Eça
Troféu de Melhor do Mundo no púlpito da igreja




Somente alguém com muita fé, convicção e personalidade como Kaká faria o que fez nesse fim de ano: Na final do Mundial Interclubes da FIFA, ele usou uma camisa com os dizeres em inglês "I Belong to Jesus" (Eu pertenço a Jesus), testemunhando a sua fé no Cristo ressurreto para bilhões de pessoas ao redor do globo. Enquanto muitos ficam com medo de se expor, ouvindo os "politicamente corretos", que dizem que religião é algo pessoal, para se viver na privacidade, Kaká faz diferença, obedecendo a Jesus Cristo que diz que a fé cristã deve ser compartilhada, quando ensina que:

"vocês são a luz para o mundo. Não se pode esconder uma cidade construida sobre um monte. Ninguém acende uma lamparina para coloca-la debaixo de um cesto. Pelo contrário, ela é colocada no lugar próprio para que ilumine todos os que estão na casa. Assim também a luz de vocês deve brilhar para que os outros vejam as coisas boas que vocês fazem e louvem o pai de vocês, que está no céu" (Mateus 5: 14-16) NTLH.

Muitos estão criticando o fato de Kaká ter levado o troféu para o templo da "Igreja Renascer em Cristo" e ali deixá-lo, como forma de agradecimento a Deus e reconhecimento da cobertura de oração dos seus irmãos de fé, mas ninguém critica quando a Seleção Brasileira vai ao Templo de Aparecida, um time ou um atleta vai ao terreiro de Umbanda ou a São José de Ribamar pra agradecer, a imprensa parcial, dá até destaque no fato.

Os que criticaram, referem-se à condenação de Estevam e Sônia Hernandes pela justiça Norte Americana, pelo fato de terem tentado entrar no país, com pouco mais de 50 mil dólares não declarados, que a imagem de Kaká associada com eles dois, não pega bem.

Ninguém criticou quando Kaká foi visitar o Presidente Lula e lhe ofertou aquelas camisas. Qual a diferença de Estevam e Sônia Hernandes pra Lula? Ou qual a diferença deles pra muitos empresários e políticos "respeitados", que estão envolvidos até o pescoço em falcatruas e estão sendo investigados Polícia Federal.

Dizer-se que a imagem de Kaká fica manchada por ele ter ido passar o fim de ano na Igreja fundada pelos Hernandes, é querer denegrir a fé e os princípios do evangelho, pois o evangelho nada tem a ver com os Hernandes. Eles erraram, foram punidos e estão cumprindo pena pelo seus erros e pecados, coisa que qualquer crente consciente concorda, mas se o nosso país fosse um país sério como o é os EUA, muitos desses que posam de "bom moço", nos eventos "chiques", recebendo homenagens, estariam presos cumprindo pena pelos seus crimes.

Portanto, que fique bem claro, a fé de Kaká é no justo Jesus Cristo, que jamais cometeu pecado, e "Ele mesmo fez-se pecado por nós". Os Hernandes, Deus que cuide deles, assim como tem cuidado dos que desviam dinheiro público, que fraudam a Previdência, que mandam dinheiro para os paraisos fiscais, que roubam gravatas em Miami, que desviam dinheiro de ONG's para calar a boca dos que podem acusá-los dos seus pecados, dos "pedófilos" de plantão que estão soltos por ai e das celebridades "viciadas" que alimentam o tráfico de drogas.

Kaká é um exemplo de dignidade, apesar dos seus líderes espirituais. Ele aprendeu as lições da Palavra de Deus, melhor que muitos por ai, exemplo que deveria ser seguido pelos críticos de plantão.

"Que seja Deus verdadeiro e mentiroso todo homem..." (Romanos 3: 4).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

QUALIDADES DE UM BOM DESPENSEIRO.

Por Rev. João d'Eça Sermão pregado na Igreja Presbiteriana Monte Moriah, São Luís, MA, dia 14/01/2007 As qualidades de um bom despenseiro. "Servi uns aos outros, cada um conforme o dom que recebeu, como bons despenseiros da multiforme graça de Deus". (I Pedro 4: 10). Introdução: O termo despenseiro tem o significado de alguém que cuida da despensa, ou seja, é o local da casa onde se guarda os alimentos e os outros mantimentos, nesse caso, despenseiro é o que toma de conta de toda a despensa, é uma espécie de Mordomo. No caso do texto básico da mensagem, despenseiro é aquele que administra os dons da multiforme graça de Deus, de maneira que pessa abençoar a si mesmo e ao seu próximo. * Muitas pessoas pensam que todas as coisas são sua propriedade. * A Bíblia nos ensina diferente, pois diz: "Do Senhor é a Terra e a sua plenitude, o mundo e os que nele habitam." ( Salmos 24:1). O profeta Ageu diz também: "O ouro e a prata são seus." * O…

DICIONÁRIO "MARANHENSE" !!!

Por



Rev. João d'EçaJoão do Vale, nosso poeta popular, em uma de suas canções diz: "minha terra tem belezas que em versos não sei dizer; mesmo porque não tem graça, só se vendo pode crer..."As coisas do Maranhão são espetaculares, sua natureza é exuberante, suas cidades são magnificas e sua Capital é encantadora. Eu amo minha cidade de paixão.Há muita coisa que não gosto em São Luís, não tem nada a ver com a natureza ou com a sua história, mas tem a ver com algumas pessoas que tiram a paz de outras pessoas, sem respeitar os seus direitos, mas isso é outra história...Quero lhes apresentar algumas palavras do vocabulário popular maranhense (está bastante incompleto, mas já é alguma coisa, desafio os leitores a me escreverem e me ensinarem novas palavras desse nosso rico "dicionário popular maranhense").Recebi de um amigo, numa lista de E-mails, essa lista que lhes apresento abaixo, achei muito divertido e interessante, fiz algumas adaptações e publico aqui e agora…

"LANÇA O TEU SOBRE AS ÁGUAS" - Eclesiastes 11: 1

PorRev. João d'EçaO texto diz: "Lança o teu pãp sobre as águas, porque depois de muitos dias o acharás"O que será que as Escrituras Sagradas estão nos ensinando aqui?A palavra "pão" sempre foi figura daquilo que ganhamos no dia-a-dia. As pessoas nos indagam: - "Você está indo pra onde?"- Vou ganhar o pão de cada dia (trabalho).Os estudiosos do AT, nos dizem que aqui há duas figuras:1ª Figura: AS CHEIAS DO RIO NILO - Eles jogavam as sementes quando a enchente estava baixando, no final da baixa, as sementes do trigo e da cevada, floresciam.2ª Figura: O COMERCIANTE - O comerciante pegava o seu barco, carregava com os bens que havia produzido e sai para comercializar em outras terras. "Lança o teu pão sobre as águas, porque depois de muitos dias o acharás".No versículos 2, o escritor sagrado nos dá uma lição preciosa, ele nos diz que devemos diversificar a nossa aplicação, porque não sabemos o que ácontecerá amanhã.Como servos dos Deus vivo, o S…